segunda-feira, 12 de julho de 2010

Crise no Teatro Municipal de São Paulo

Após divulgar carta em que criticavam o regente titular Rodrigo de Carvalho e pediam sua saída imediata, em meados do mês passado, os músicos da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo voltaram atrás e decidiram se apresentar no Festival de Inverno de Campos de Jordão, como previsto, sob regência de Carvalho.
Com o Teatro Municipal fechado e a tramitação de uma Fundação para a sua gestão, Rodrigo de Carvalho foi designado regente titular interino no ano passado, em sucessão ao maestro José Maria Florêncio. O mastro afirma que o acúmulo de funções artísticas e de gerência é que levaram ao desgaste na relação com os músicos.
Conforme declaração do Secretário Carlos Augusto Calil, publicada no jornal Folha de São Paulo “ depois desse episódio, serei obrigado a precipitar o cronograma, Assim que a orquestra voltar à normalidade, darei início ao processo de escolha de um novo maestro titular”.
Enquanto isso, a orquestra já promoveu uma eleição interna para a apresentação de uma lista tríplice com seus preferidos para o posto. Os eleitos foram os maestros Alex Klein, Luiz Fernando Malheiro e Carlos Moreno.

Revista Concerto - jul 2010
Postar um comentário