quarta-feira, 21 de julho de 2010

Orquestra Sinfônica Brasileira tem Kurt Masur em três concertos

O maestro alemão Kurt Masur rege três concertos em julho com a Orquestra Sinfônica Brasileira – OSB. Os dois primeiros serão dedicados às sinfonias de Brahms. Assim, no dia 23, Masur comanda as Sinfonias nºs 1 e 2, enquanto no dia 27 ele mostra as de número 3 e 4. O regente alemão ainda ministra master class no dia 29 e sobe ao palco no dia 31 com a OSB, quando dividirá o pódio com seu filho, Ken David Masur, em obras de Tchaikovsky, Prokofiev, Bernstein e Gershwin.
Kurt Masur é diretor musical da Orchestre National de France, em Paris, e recebeu no início da temporada 2008/2009 o título de diretor musical honoris causa da Orquestra Nacional de França. De 2000 a 2007 foi regente titular da Filarmônica de Londres; de 1991 a 2002 foi diretor musical da Filarmônica de Nova York e, após onze anos, foi nomeado diretor musical emérito, tendo sido o primeiro regente daquela orquestra a receber esse título e o segundo, depois de Leonard Bernstein, a receber uma posição de honra.
Por muitas temporadas, Kurt Masur atuou como Gewandhaus Kapellmeister da Orquestra Gewandhaus, de Leipzig. Após sua aposentadoria do cargo, em 1996, a Gewandhaus o nomeou seu primeiro maestro laureado. Desde 1992, é maestro convidado honorário da Orquestra Filarmônica de Israel.
Convidado frequente das principais orquestras do mundo, Masur estreou nos Estados Unidos em 1974 com a Orquestra de Cleveland, assumindo, no mesmo ano, a Orquestra Gewandhaus em sua turnê americana inaugural. Nos Estados Unidos, dirige orquestras como a Filarmônica de Nova York, a Boston Symphony, a Orquestra de Cleveland e a Orquestra de Filadélfia. Na Europa, Masur atua junto à Orquestra da Gewandhaus, à Filarmônica de Dresden, à Orquestra do Concertgebouw e à Filarmônica de Berlim, dentre muitas outras.
Nascido em Brieg, na Silésia, comemorou em 2007 o seu aniversário de 80 anos em um concerto no BBC Proms, em Londres.
Home Concerto 21/07/10
Postar um comentário