quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

AREZZO, GUIDO VON (992 – 1050)

ITÁLIA - MÚSICA ANTIGA

Monge italiano, professor e teórico da música, regente do coro da Catedral de Arezzo, Toscana. Pioneiro da notação musical em intervalos. Fundamenta a ordenação das linhas da pauta em terças e a “Solmização” (mão guidoniana).

Batizou as notas musicais com os nomes que conhecemos hoje, baseando-se em um texto sagrado em latim do hino a São João Batista:

Ut queant laxis
Resonare fibris
Mira gestorum
Famuli tuorum
Solve polluti
Labii reatum
Sancte Ioannes

Que significa:

Para que teus servos
possam ressoar claramente
a maravilha dos teus feitos
limpe nossos lábios impuros, ó São João.

A Guido d´Arezzo é também atribuída a invenção da Mão Guidoniana, um sistema mneumônico usado para o ensino da leitura musical em que os nomes das notas correspondiam a partes da mão humana.

O sistema de Guido d´Arezzo sofreu algumas transformações no decorrer do tempo: a nota Ut passou a ser chamada de para facilitar o canto com a terminação da sílaba em vogal, derivando-se provavelmente da proposta lançada por Giuseppe Doni, músico italiano que escolheu a primeira sílaba do seu sobrenome para essa nova denominação e a nota si – por serem as iniciais de São João – novamente facilitando o canto com a terminação de uma vogal.


Postar um comentário