quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Bandas de música: Funarte abre calendário de entrega de instrumentos


Bandas do RJ, dos municípios de Niterói e Macuco, foram as primeiras contempladas do Prêmio Funarte de Apoio a Bandas de Música, no dia 11. Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina receberão as próximas etapas da premiação

A Fundação Nacional de Artes realizou, na Sala Funarte Sidney Miller, no Palácio Gustavo Capanema – Centro do Rio de Janeiro –, no dia 11 de fevereiro, às 16h, a primeira etapa da entrega dos 751 instrumentos de sopro aos contemplados com o edital do Prêmio Funarte de Apoio a Bandas de Música 2013.

Na solenidade, duas bandas do Estado do Rio de Janeiro receberam as premiações: a Sociedade Musical São João Batista, da cidade de Macuco; e a Banda Municipal Santa Cecília, de Niterói – que abriu a cerimônia, com uma apresentação ao ar livre, diante do edifício. Ao todo, 187 bandas, das cinco regiões do país serão premiadas.
A entrega dos instrumentos foi realizada pelo presidente da Funarte, Guti Fraga; pela diretora do Centro da Música da instituição, Renata Monteiro; e pela coordenadora de bandas, Rosana Lemos. Representaram os contemplados o Secretário de Cultura do Município de Niterói, Arthur Maia e o Maestro Carlos Castilho, diretor de marketing da Sociedade Musical São João Batista (Macuco). Pela Funarte, também compareceram: o coordenador de música erudita, Flávio Silva; o coordenador de música popular, Cláudio Guimarães; a coordenadora de comunicação, Camilla Pereira; a subgerente de música erudita, Zezé Queiroz, entre outros servidores. Estiveram presentes, ainda, Celso Voltzenlogel – muito aplaudido, por ter sido o criador do Projeto Bandas, iniciado na Funarte em 1976 – ; os professores Marcelo Jardim e José Vieira Filho; entre outros regentes e músicos.

Guti Fraga, presidente da Funarte manifestou alegria com a premiação: “As bandas precisam se renovar em todo o Brasil. Elas representam uma das manifestações artísticas mais relevantes do país – e nem sempre têm prioridadade”. Guti destacou que a música é muito importante, como representação do Brasil no exterior, e como cultura, no próprio país. “A Funarte tem que estimular mesmo esta área. Estamos em um novo momento, com novos programas, como, por exemplo, a volta dos shows às 18h30 na Sala Sidney Miller e estou muito feliz por estarmos vivendo isto. Juntos ficamos mais fortes e estamos, na verdade, formando uma grande ‘banda’ ”.

“Em 2014, vamos percorrer 26 estados fazendo essa distribuição de instrumentos. Isso é para mim, motivo de grande contentamento”, disse Renata Monteiro, Diretora do Centro da Música da Funarte. Ela parabenizou ao Projeto bandas e agradeceu a toda a equipe do Cemus, com uma especial homenagem a José Vieira Filho, que completou 83 anos na data. “O professor está nesse projeto desde o seu início, ministrando o curso de reparo e manutenção de instrumentos”, lembrou Renata.

Arthur Maia, agradeceu à Funarte: “Sou grato, não só como Secretário Municipal de Cultura de Niterói, mas também como músico, criado na música. Também sou ‘cria’ da Funarte, desde 1982, quando comecei na banda Cama de Gato e estou feliz com a parceria, celebrada hoje. Tomei a decisão de manter a banda Santa Cecília e estou muito contente, por estar aqui com ela, e por termos conseguido sua sede definitiva”. O secretário comemorou, ainda, a reforma do imóvel e a gravação do disco do conjunto. O diretor de marketing da Sociedade Musical São João Batista, de Macuco, Carlos Castilho disse: “As bandas precisam de apoio – até porque essa não é uma atividade que gere muitos ganhos para quem a exerce. Muito obrigado à Funarte”.
Celso Voltzenlogel comentou: “O trabalho começou com muita luta e dificuldade e hoje está quase completando 40 anos”. O criador do Projeto Bandas ressaltou sua alegria, pela continuidade da iniciativa, por parte da Funarte. Ele comentou que, graças ao projeto, hoje os mestres de banda encaram a qualificação como algo normal, e acrescentou: “A qualidade dos instrumentos melhorou muito.

Próximas premiações em outros estados


No dia 13 de fevereiro, quinta-feira, 35 bandas de Minas Gerais serão premiadas com 134 instrumentos. Entre as cidades beneficiadas, estão Antônio Carlos, Joaíma, Ouro Preto e Ubá. O evento será realizado na representação da Funarte de Minas Gerais, às 15h, no bairro Floresta, em Belo Horizonte (MG). A terceira etapa da entrega será no dia 20, quinta-feira, às 15h, no Paraná. A solenidade beneficiará sete bandas e ocorrerá no Auditório Itibirê, da Secretaria de Estado de Cultura do Paraná, no Centro da capital, Curitiba. A quarta etapa da entrega no dia 21, sexta-feira, às 15h, em Florianópolis (SC) na Fundação Catarinense de Cultura, no bairro de Agronônica.
Postar um comentário