terça-feira, 16 de novembro de 2010

I Mostra Instrumental EMESP


Incentivar a difusão da música para Big Bands é um dos focos da I Mostra Instrumental EMESP, realizada de 15 a 21 de novembro, que traz ao Brasil o nome de maior destaque da atualidade no jazz orquestral: a regente e compositora norte-americana Maria Schneider.

O evento de caráter artístico-pedagógico é uma iniciativa da Tom Jobim – Escola de Música do Estado de São Paulo, escola do Governo de São Paulo. O projeto é gerido em parceria com a Organização Social Santa Marcelina Cultura, que visa proporcionar a troca de experiências, a “vivência musical” e a integração entre os estudantes.

A Mostra Instrumental tem início com um ciclo de palestras que vai do dia 15, segunda-feira, ao dia 18, quinta-feira, sempre às 10h30, no Auditório Radamés Gnatalli, na Unidade Brooklin da Tom Jobim EMESP. Músicos e estudantes vão ter a oportunidade de discutir a escrita para Big Bands com nomes como Nelson Ayres (dia 15), Spok (dia16), a própria Maria Schneider (dia 17) e Mario Adnet (dia 18). Dia 20 (sábado), às 15h, é a vez de Carl Allen, conversar com o público no Auditório Zequinha de Abreu da Tom Jobim EMESP, na Luz.

Após as palestras, os grupos Quarteto Bambu, Quarteto D’Minuto, QN Quarteto, formados por alunos da Tom Jobim EMESP, se apresentam. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por interessados em geral, pelo site.

Confira a programação completa: http://www.emesp.org.br/



Catraca Livre
Postar um comentário