quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Projeto resgata passado musical de Muqui – ES

O Sítio Histórico de Muqui, um dos mais significativos do Espírito Santo, não chama atenção só pelo seu conjunto arquitetônico requintado. O passado musical é outro forte da cidade, herança da exuberância econômica do ciclo do café, período de muita riqueza nas primeiras décadas do século XX. Existem em Muqui mais de 40 pianos, todos antigos – com 80 a 100 anos de vida, em bom estado de conservação e, muitos, em plena atividade.

Para resgatar essa tradição, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), a Prefeitura de Muqui e o Consórcio de Desenvolvimento da Região dos Vales e do Café, se uniram para criar o projeto “Muqui de Portas Abertas”, que promoverá saraus de piano em 12 casas entre os dias 03 e 05 de dezembro. A ação acontecerá uma vez por mês, com eventos temáticos envolvendo música, folclore, arte e arquitetura.

A iniciativa, que dará vida aos pianos da cidade, permitirá que os turistas entrem nas residências que irão sediar os saraus, e conheçam melhor um dos acervos arquitetônicos mais importantes do Estado. A expectativa é que mil pessoas compareçam ao município durante o evento.

Essa primeira edição do projeto irá homenagear o centenário do poeta e sambista carioca Noel Rosa, que em 1934 em incursão rumo ao norte do País, se apresentou em Muqui, por onde passava o trem fazendo a ligação entre Rio de Janeiro e Vitória.

Para ter acesso às casas é preciso pagar R$ 15,00. O dinheiro será usado pelos moradores na produção de lanches a serem oferecidos aos visitantes. Os ingressos já estão à venda na sede da Associação Comercial de Muqui.

A programação do evento também se estenderá ao Teatro Neném Paiva. No sábado (04), às 20 horas, haverá apresentação do pianista capixaba Fernando Vago. No domingo (05), pela manhã, será feito um recital de piano com os ex-alunos da Tia Zezé, falecida há dois meses. Á noite, o projeto Circulação Cultural, da Secult, promoverá o Concertos de Bach, espetáculo de Patrícia Silva de Souza.

Restauro dos pianos

Há aproximadamente 15 dias, os 12 pianos que irão ecoar música clássica pela cidade, começaram a receber cuidados especiais. Os instrumentos foram restaurados e afinados por um especialista do Conservatório de Música do Rio de Janeiro. Todo esse trabalho minucioso foi financiado pelos parceiros Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES).

Com a realização desse projeto a Secult alcança também o objetivo do “Programa de Preservação dos Sítios Históricos”, que visa a preservar os bens culturais que compõem esses núcleos históricos, como Muqui, Porto de São Mateus, Santa Leopoldina, São Pedro do Itabapoana, e Itapina, por meio da valorização de seus aspectos estéticos, sociais, econômicos, turísticos e culturais.

História de Muqui

Em função da produção cafeeira, Muqui viveu um período de muita riqueza nas primeiras décadas do século XX. Construíram-se casarões, sobrados e palacetes, formando um conjunto com características da arquitetura eclética, requintada pelo apuro técnico de detalhes que se destacam pelas fachadas decoradas com elementos florais, varandas laterais com pinturas, e temas de paisagem naturais, próprias do neoclassismo.

Localizada na Região dos Vales e do Café, no Sul do Espírito Santo, a 175 km de Vitória, sua história começa em 1842, com a chegada de imigrantes vindos do Vale do Paraíba a procura de novas terras para o plantio de café.

O passado também está presente nas fazendas históricas, algumas delas abertas para visitação e hospedagem como a Santa Rita e a Fazenda dos Andes.

A riqueza do Sítio Histórico está em toda a parte, na arquitetura, nas praças, na gastronomia típica, na música erudita com a difusão do ensino de piano, manifestações populares como o Carnaval folclórico do Boi Pintadinho e a Folia de Reis, enfim é um Sítio Histórico em que se respira arte, história e cultura.

Os amantes da natureza e da aventura também encontram em Muqui verdadeiros paraísos como a Serra da Morubia, e a Serra das Torres, muitas cachoeiras, matas, vales, montanhas e variadas atividades como caminhadas, trilhas, banhos naturais e montanhismo.

Serviço

Muqui de Portas Abertas – Sarau de Pianos
Período – 03 a 05 de dezembro
Informações: Associação Comercial de Muqui – (28) 3554 2403
Postar um comentário