quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Orsse realizará concerto com pianista Manoel Jr. e maestro Jesús Medina


A Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse) se prepara para mais um importante concerto nesta semana. Na quinta-feira, 25, às 20h30, a Orsse subira mais uma vez ao palco do TTB, e fará uma homenagem a todos os servidores públicos sergipanos, que celebram o seu dia em 28 de outubro. Em um concerto de nível internacional, que terá com regente o maestro Jesus Medina e que contará ainda com a presença do pianista sergipano, Manoel Vieira Júnior, a apresentação promete marcar ainda mais a temporada do grupo.

Através da Secretaria de Estado da Cultura, com patrocínio do Banese e Instituto Banese, este concerto encerra o ciclo de regentes convidados na Orsse neste ano. “A exemplo de outras orquestras, receber um regente convidado para apresentar-se junto aos músicos e solistas da é expor outros pontos de vista musicais não só para o grupo, mas também para o público”, destaca o diretor artístico e regente titular, Guilherme Mannis.

Em 2012, importantes regentes estiveram à frente da Orsse, como Isaac Karabtchevsky, Piotr Borkowski, Nurhan Arman, Helder Trefzger, Marcelo de Jesus, Jamil Maluff e Francesco Lavecchia. Isso é representa um triunfo para a música clássica do nosso estado, a medida que esses regentes deixam-se convidar, prestigiam o trabalho realizado em Sergipe e deixam uma importante contribuição artística para a Temporada de concertos. “Cada maestro executa a música com a técnica desenvolvida ao longo de suas carreiras e nenhuma é igual à outra”, completou  Mannis.

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro Tobias Barreto, Porém, um detalhe importante desta apresentação é que os servidores públicos podem adquirir uma cortesia para o concerto, apresentando a carteira de servidor ou documento que comprove a profissão, na bilheteria do teatro até às 20h30 do dia da apresentação.

Sobre o concerto

Sob a regência do mexicano Jesús Medina, o concerto trará importantes obras sinfônicas. Para conhecer a cultura do país de origem do maestro, foi escolhida a obra ‘Sinfonietta’, do mexicano Pablo Moncayo, que é repleta de ritmos e melodias folclóricas do México.

Em seguida, solando pela quarta vez com a Orquestra Sergipana, o pianista Manoel Vieira Júnior interpreta o vibrante concerto para piano de Sergei Prokofiev. Por fim, a noite encerra com a visceral Sinfonia nº 6 em Si menor, a ‘Patética’, de Tchaikovsky, considerada um testemunho dos seus sentimentos mais profundos.
Postar um comentário