sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Música no Museu (RJ)

Temporada 2012 do projeto terá início no dia 13 de janeiro com camerata de violões
Em comemoração aos seus 15 anos, o projeto Música no Museu, mantendo a tradição de realizar concertos em pleno Verão, iniciará, neste mês, a temporada 2012 com a Camerata de Violões do Conservatório Brasileiro de Música, sob a direção musical de Paulo Pedrassoli, no dia 13, no Centro Cultural Light, no Rio de Janeiro. O Música no Museu conta com o apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet (Lei nº 8.313/91).
Com o objetivo de ampliar os horizontes musicais do projeto, a nova série traz algumas novidades. Além da música erudita, o Música no Museu vai proporcionar ao público a oportunidade de ter mais contato com outras vertentes culturais, e para isso terá dois finais de semana do mês de janeiro dedicados aos blues e seus derivados.
O Blues é um estilo que está na base de grande parte da música pop moderna, podendo ser muito simples e direto, com o som de voz e violão ou muito sofisticado e orquestrado como a música de George Gershwin (rock, soul, reggae, jazz, são derivados diretos do blues), além de seu toque estar presente em outros gêneros.
O Blues nasceu acústico, mas iniciou o processo de eletrificação da música e se diversificou em vários estilos (jazz, gospel, ragtime, boogie woogie e outros) e também deu origem a outros gêneros derivados como o rythm blues (Ray Charles etc), o rock’n roll (Elvis Presley etc), o soul-funk ( James Brown etc), o rock dos anos 60-70 (Beatles, Rolling Stones, Led Zeppelin etc), o Reggae e, mais recentemente, o Rap e o Hip Hop.A partir dos anos 60, o blues espalhou suas raízes pelo mundo afora.
No dia 14 de janeiro, às 12h30, a apresentação será no Museu do Exército, com a participação de Jamband Express. No programa, Blues, Rock, Soul, Reggae e Jazz. O dia 15 está reservdo ao Museu de Arte Moderna, onde haverá apresentação do Jazztopia.  Um dos destaques será o violonista húngaro Sándor Mester,  considerado o mais ativo guitarrista clássico de seu país de origem. Ele se apresentará no dia 21, no Parque das Ruínas, às 11h30.
Em fevereiro, o Música no Museu mescla os clássicos do Carnaval, resgatando as marchinhas, sambas, sambas enredos e demais sucessos dos carnavais passados nas vozes de coros de expressão.
Postar um comentário