quinta-feira, 2 de agosto de 2012

MinC lança publicação com as metas do PNC



A intenção é popularizar as metas da Cultura para os próximos 10 anos
Na tarde desta quarta-feira (11), foi lançada na Câmara dos Deputados a publicação As Metas do Plano Nacional de Cultura (PNC), produzida pelo Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria de Políticas Culturais (SPC).

O trabalho tem como objetivo traduzir as metas para a sociedade brasileira de uma forma didática e acessível, visando facilitar a compreensão por parte dos cidadãos do país, produtores culturais, gestores públicos, parlamentares e todos que se interessarem pelo tema.

São 53 as metas do PNC, as quais foram aprovadas em dezembro de 2011.

Na cerimônia de lançamento, a mesa foi composta pelo secretário executivo do Ministério da Cultura, Vitor Ortiz; o secretário de Políticas Culturais, Sergio Mamberti; o presidente da Comissão de Educação e Cultura (CEC) da Câmara dos Deputados, Newton Lima (PT-SP); e a vice-presidente da subcomissão permanente de Cultura, Fátima Bezerra (PT-RN).

Apropriação

Sergio Mamberti abordou a importância dos agentes políticos e culturais para a disseminação do conteúdo. “As metas traçam o caminho que a cultura vai percorrer nos próximos 10 anos. Então é muito importante que a população se aproprie disso”.
O secretário de Políticas Culturais do MinC explicou que foram impressos 20 mil exemplares que serão distribuídos a vários órgãos, como secretarias de Cultura de todo o país e demais instituições envolvidas na construção dos planos municipais de cultura.

Um Plano do povo para o povo

As 53 metas foram elaboradas de forma coletiva, envolvendo a sociedade civil e as unidades do Sistema MinC, com a colaboração do Legislativo. Os objetivos versam, por exemplo, desde a implementação do Plano em todos os municípios brasileiros até a participação do setor cultural no Produto Interno Bruto (PIB).

O presidente da CEC destacou que as metas são ousadas, mas foram assim elaboradas com base no potencial dos brasileiros. Ele também parabenizou a equipe do Ministério da Cultura e afirmou o reconhecimento da comissão pelo importante trabalho que a pasta vem fazendo.
Vitor Ortiz reafirmou a intenção de fazer as metas do PNC chegarem à população brasileira. “O cidadão que faz parte de entidades pode até ter participado da elaboração das metas por meio da conferência municipal e estadual de cultura, mas ele participou apenas de uma parte do processo. A publicação traz a síntese de todos os debates e contribuições. Nossa intenção é levar o assunto ao conhecimento de todos, até mesmo para que o cidadão possa cobrar o cumprimento das metas”, finalizou.
Postar um comentário