quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Filarmônica Vera Cruz estreia sob o comando de Júlio Medaglia

Em uma homenagem à Companhia de Cinema Vera Cruz, que marcou a década de 1950 com 22 longa metragens produzidos em São Bernardo do Campo, estreou no mêms passado a Filarmônica Vera Cruz, orquestra dirigida por Júlio Medaglia e qu contará inicialmente com 50 músicos. Segundo o maestro, “o projeto te missões artísticas, mas também didáticas. Faremos uma temporada de nível internacional e teremos músico vindos de outros países que ocuparão as primeiras estantes e ajudarão a formar uma nova geração de instrumentistas em São Bernardo do Campo.”
Além das atividades pedagógicas, a Filarmônica Vera Cruz pretende atuar junto às comunidades carentes da região, promovendo o ensino de música e oferecendo oportunidades de futuro a jovens em situação de riscos.
No concerto de estréia, em 21 de agosto passado, a batuta foi entregue ao maestro pela atriz Eliane Lage, estrela dos tempos da Vera Cruz. A orquestra apresentou trechos da trilha do filme O Cangaceiro, de 1953, o Andante spionata e a Grande polonaise vrillante, de Chopin como pianista Ney Salgado, e a Sinfônica nº 5 de Beethoven.

Rev. Concerto – p. 6 – Set 2010.
Postar um comentário