terça-feira, 26 de julho de 2011

Cia. Brasileira de Ópera prepara temporada 2012 com “Madama Butterfly” e Karabtchevsky

Após a temporada inaugural com O Barbeiro de Sevilha e a posterior saída do maestro John Neschling do grupo, a Companhia Brasileira de Ópera surpreende ao anunciar para 2012 a segunda temporada com a ópera Madama Butterfly, de Puccini, e a presença do maestro Isaac Karabtchevsky.
Segundo José Roberto Walker, diretor da companhia, a nova temporada mantém a itinerância por cidades de todo o país, com o uso de recursos tecnológicos de última geração, com telas e projetores, e o formato versátil da montagem, que pode ser apresentada tanto em grandes teatros quanto em espaços menores. Assim como na temporada anterior, o elenco será misto, com cantores brasileiros e estrangeiros, selecionados por Karabtchevsky, que se revezarão nas diferentes fases de apresentações.
A nova temporada, que vai de maio a novembro de 2012, deve passar por Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, Belém, Fortaleza, João Pessoa, Recife, Maceió, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Ribeirão Preto e Santos.
Assim como em 2010, além das récitas para o público adulto, a Companhia prepara apresentações para as crianças, mas frente às dificuldades de se adaptar a temática trágica de Madama Butterfly para o público infantil, optou-se por um espetáculo montado especialmente para as crianças, com um ‘passeio’ pela história da ópera de forma lúdica e com muitas árias famosas.
A Companhia Brasileira de Ópera acaba de ganhar o Prêmio Carlos Gomes pela montagem de O Barbeiro de Sevilha, apresentada por todo o país em 2010, dentro de uma proposta louvável de popularização da ópera. No final do ano passado o maestro John Neschling se desligou do grupo e pouco tempo depois se mudou para a Europa.
Postar um comentário