sexta-feira, 1 de julho de 2011

Festivais de Inverno movimentam a agenda musical em diversas regiões do país.

Julho é o mês em que os festivais de inverno agitam a programação cultural do Brasil. No estado de São Paulo, além do famoso e tradicional Festival de Inverno de Campos de Jordão, o público acompanha:
O IV Festival de Música das Esferas, festival internacional de Bragança Paulista, entre o dia 21 e 31. Na programação, os destaques são os dois recitais internacionais de piano, com o búlgaro Miroslav Georgiev e com o brasileiro radicado nos EUA Sergio Gallo, bem com a apresentação da Ópera Dido e Enéas, de Purcell, sob regência de Laércio Diniz com a Orquestra de Câmara Engenho Barroco, coro e solista do festival.
Também em São Paulo o primeiro Festival de Inverno Serra do Itapety, de primeiro a 31 de julho em Mogi das Cruzes, recebe a Orquestra Lírica do Teatro São Pedro, a Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes, Coro da Osesp, Oficinas de teatro, dança, artes visuais e fotografia. O evento lançará o livro “As sete maravilhas de Mogi” que será distribuído aos presentes, gratuitamente, seguido de momento de autógrafos com os fotógrafos participantes.
Em Piracicaba, o primeiro Festival de Inverno da Empem tem início em 28 de junho e vai até 03 de julho, uma realização da Escola de Música Maestro Ernst Mahle com a Prefeitura de Piracicaba e a Secretaria de Ação Cultural, o evento apresenta o tema “Voz de corpo e alma: perspectiva integrada”. Assim, além das apresentações musicais e presença das sopranos Niza Tank e Marília Teixeira, o evento conta com oficinas que unem movimento corporal, saúde e técnica vocal. Os pianistas Eudóxia de Barros e Carlos Yansen também prestigiam o festival com apresentações especiais.
Já em Mairiporã, entre 25 e 30 de julho, acontece a Primeira Semana de Arte. A cidade de 8o mil habitantes recebe performances e workshops de música de câmara, histórias infantis, dança circo, teatro e fotografia. O evento é uma iniciativa da ArteMatriz, com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura Municipal de Mairiporã. Os destaques da Programação são o Via Brasil Quinteto e o Opus Brasil Ensemble.
No Rio de Janeiro além da programação de Petrópolis acontece a 10ª edição do Festival de Inverno de Nova Friburgo, entre os dias 1 e 7 de julho. A apresentação da abertura será com a Companhia Brasileira de Ópera que encena o Barbeiro de Sevilha, de Rossini, no Teatro Municipal da Cidade. Nos outros dias, haverá concertos ao meio dia com destaque para a Pianorquestra, com dez mãos e um piano preparado especialmente para a apresentação. O blues também tem seu espaço, o grupo Blues Etílicos se apresentará no Palco da Ilha. No campo dos clássicos vale a pena conferir o pianista Miguel de Proença e os violoncelistas Ricardo e Paulo Santoro.
Também no Rio de Janeiro, entre os dias 3 e 10, acontece à primeira edição do Festival de Inverno do Rio de Janeiro, com promoção do Minc e do Colégio Santa Marcelina e direção artística e executiva de Charles de Oliveira Além de cursos com professores do gabarito do violinista Paulo Bosísio, do violoncelista Alceu Reis e do maestro Carlos Moreno, haverá concertos com entrada franca. O destaque do evento será o concerto de encerramento com a Nona Sinfonia de Beethoven na Igreja da Candelária no dia 09 de julho.
A região Nordeste tem o importante Festival Eleazar de Carvalho, que acontece em Fortaleza sob a direção de Sonia Muniz, pianista e viúva do maestro Eleazar de Carvalho. Com de costuma, essa 13º Edição, entre os dias 3 e 24, conta com professores do Brasil, EUA e Europa, concertos sinfônicos, coral, recitais, música de câmara, espetáculos teatrais e bailados.
NO Rio Gde do Sul, apresenta a mais de duas décadas está o Festival \internacional de Inverno da Universidade de Santa Maria, realizado pela parceria do Dpto de Música da instituição com a University of Georgia School of Music (EUA). Esta 26ª Edição acontece entre os dias 24 e 31 de julho e terá entre seus professores o violinista Nicolas Favero, a violista Kate Hamilton, o violoncelista Felipe Avellar de Aquino, o contrabaixista Milton Mascaiadri, o flautista Nicole Esposito, entre outros destacados profissionais do cenário musical. Na mesma região a cidade de Bagé realiza o 2º Festival Internacional de Música no Pampa. Com direção artística do maestro Gema Reis e direção pedagógica de Marcos Machado. Entre os dias 20 e 30, músicos do Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina, EUA e outros países reúnem-se para uma programação de concertos diários, másters classes e ensaio com nomes como Viktor Uzur (violoncelo) Giucla Katsavara (Piano) e Alberto Savino Kattar (Tuba).
O tradicional Festiva de Prados realiza sua 34ª Edição entre os dias 17 e 30 de julho. Com uma proposta pedagógica e social bastante focada, o evento, criado e dirigido pelo Maestro Olivier Toni, dá aulas de música à população de Prados e das cidades vizinhas, que possuem rica tradição musical. Nesta edição, haverá cursos de instrumentos de cordas e de metal, teoria geral da música, flauta doce e percussão para crianças e piano e órgão. Ainda em Minas Gerais o 43º Festival de Inverno da UFMG acontece entre 8 de julho e 7 de agosto. Com firme objetivo de apoiar o desenvolvimento da cultura, da arte e do conhecimento em diversos espaços, a edição de 2011 chega com a proposta de espalhamento, com uma “teia de ações que se irradie pelo estado”! explico o diretor de ação cultural da universidade. , Maurício Campormori. A grande novidade do festival é sua realização em cinco cidades mineiras: Tiradentes, Cataguases, Diamantina, Belo Horizonte e Brumadinho, não simultaneamente, mas seguindo de uma localidade para outra (www.ufmg.br/festival).

Revisa Concerto julho 2011 p.63
Postar um comentário