segunda-feira, 25 de outubro de 2010

ÓPERA AÍDA

Uma das mais clássicas obras de Verdi, Aída terá apresentações nos dias 30 e 31 de outubro e 6 e 7 de novembro, em uma megaprodução com mais de 300 artistas no palco e mil figurinos
Figurando entre as mais importantes Óperas de todos os tempos, a obra Aída emociona há mais de cem anos o público que a assiste, contando a trágica história da princesa negra retirada de seu país para viver como escrava no Egito. Apresentada pela primeira vez em 1871, no Cairo, a peça de quatro atos com música de Giuseppe Verdí e libreto de Antonio Ghislazon, será apresentada em uma megaprodução realizada pelo Instituto de Cultura Musical da PUCRS dentro da série Concertos Comunitários Zaffari nos dias 30 e 31 de outubro e 6 e 7 de novembro, no Salão de Atos da PUCRS, sempre às 16h.
Com o maestro argentino Mario Perusso assinando a regência do Coral e Orquestra Filarmônica da PUCRS, o espetáculo com produção 100% gaúcha, conta com uma equipe de mais de 300 artistas que estarão no palco, entre músicos, bailarinos, coralistas, solistas e outros 50 responsáveis pelo backstage da produção. Os cenários estão a cargo do arquiteto Valdir Martins, contando com a Assessoria de Zeca Zenner, que possui a experiência de ter trabalho por mais de 10 anos ao lado do carnavalesco Joãozinho Trinta. Ao todo, mais de mil figurinos serão usados para contar a história, que terá nos papéis principais solistas argentinos e brasileiros se revezando nas quatros noites de apresentações, por conta do desgaste vocal causado por mais de 3 horas de canto lírico. No papel da escrava Aída, estão a soprano argentina HAYDEE DABUSTI e ADRIANA DE ALMEIDA; como o comandante egípcio Radamés, estão os tenores MARCELLO VANNUCCI, de São Paulo e CARLOS DUARTE, da Argentina. E no papel de Amneris, princesa que disputa com Aída o amor de Radamés, estão também as sopranos argentinas ALICIA CECOTTI e ALEJANDRA MALVINO.
Escrita sob encomenda do vice-rei egípcio Ismail Pashá para comemorar a inauguração do Canal de Suez, a Ópera Aída ultrapassou fronteiras e perdura até hoje como uma das mais belas obras líricas, apresentada ao redor do globo por algumas das maiores orquestras sinfônicas do mundo. As vendas para o espetáculo que chega a Porto Alegre estão abertas a partir do dia, na bilheteria do Teatro Bourbon Country.

Mais sobre a história de Aída


AÍDA conta a história de um comandante egípcio chamado Radamés, que comandou a guerra contra a Etiópia. Ao voltar da guerra como herói, o faraó oferece a mão de sua filha, Amneris, em casamento. Contudo, Radamés prefere se casar com Aida, criada de Amneris. De herói ele passa a ser traidor e é condenado à morte. Mas Aida decide compartilhar com ele seus últimos momentos, e a trama se complica.


Pedidos de credenciamento de imprensa através do e-mail http://bmail.uol.com.br/compose?to=credenciamento@opuspromocoes.com.br (o pedido não caracteriza credenciamento automático. Necessário confirmação por e-mail da Assessoria de Imprensa Opus Promoções).


SERVIÇO

30 e 31 de outubro e 6 e 7 de novembro
Ópera Aída Música de Giuseppe Verdi

Libreto de Antonio Ghislanzoni
Sábado e domingo, às 16h

Salão de Atos da PUCRS

Av. Ipiranga, 6681 - Prédio 04
Classificação: Livre

Duração Total: 3h com 3 intervalos


Ingressos
Mezzanino
R$ 25,00
Platéia
R$ 50,00

Ponto de Vendas:
Telentrega Ingresso Show 8401 0555 ou 3299-0800 (segunda a sexta das 9h às 19h)Bilheteria do Teatro do Bourbon Country (segunda a sábado das 14h às 22h)
Realização: Instituto de Cultura Musical da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul- Pró-Reitoria de Extensão
Patrocínio: Tramontina, Redecard, Bourbon e Zaffari
Financiamento: Lei Federal de Incentivo à Cultura – Ministério da Cultura
Apoio: Exército Brasileiro
Planejamento Cultural: Opus Promoções


CORAL E ORQUESTRA FILARMÔNICA DA PUCRS
Maestro Convidado: Mario Perusso (Buenos Aires)



http://verdi.zip.net/
Postar um comentário