quinta-feira, 5 de julho de 2012

Festival de Musica Erudita acontece no Espírito Santo em julho


O Governo do Estado apresentou à imprensa a programação do XIX Festival Internacional de Música Erudita e Popular de Domingos Martins. Com o tema "do prelúdio ao baião" o festival, incluirá desde nomes consagrados como Dominguinhos, passando por grupos locais como Alexandre Lima e Rádio Experienza, Trio Forró Comichão, Fala Mansa, vários grupos e orquestras da Fames, e até uma apresentação da Mocidade Unida da Glória – que em 2012 teve como enredo “Gonzagão! Filho do Sertão. Majestade do Baião. 100 anos em Glória!”.

A avant-première do evento serão no dia 5 de julho (quinta-feira), às 20 horas, no Teatro Carlos Gomes, com recital de Piano com Fernando Vago e show com Mirano Schuler e Trio Gonzagão de Cartola. O festival será realizado de 20 a 29 de julho. Das 32 oficinas de instrumentos musicais e de canto que serão oferecidas durante o evento, 12 já tiveram suas vagas totalmente preenchidas. Cento e oitenta alunos já fizeram suas inscrições, entre eles 20 estrangeiros de países como Estados Unidos, Suécia, Sérvia e Coréia do Sul.

No ano passado, o festival recebeu cerca de 20 mil turistas, entre alunos, profissionais de música, e outros visitantes apreciadores da música erudita e popular. Para 2012 serão 987 músicos envolvidos, 55 atrações, 75 horas de apresentação musical, 10 dias de evento, 650 vagas nas oficinas, sendo 370 bolsas.
Segundo Alexandre Passos, secretário de Estado do Turismo, o mais importante é o legado que o Festival vai deixar para a cidade de Domingos Martins, que junto com Vitória é um dos destinos indutores do turismo do Espírito Santo. “O Governo do Estado tem dado prioridade ao Festival como evento indutor do turismo nas montanhas. Desde que terminou o festival no ano passado, estamos organizando a edição deste ano. A cidade vem sendo preparada para receber o festival. O nosso objetivo é deixar um legado para a comunidade, tanto em infraestrutura, quanto em qualificação de profissionais, geração de empregos e renda. Um exemplo de que a importância do evento está sendo reconhecida é que o número de parceiros que apoiam o evento tem aumentado a cada ano”, enfatizou.

Folha Sinfônica
Postar um comentário