terça-feira, 3 de julho de 2012

Soprano paraibana, radicada na Italia homenageia os 100 Anos do Maestro Eleazar de Carvalho




No proximo dia 5 de julho,quinta-feira as 20hs na Igreja Sao Francisco em Joao Pessoa PB,a soprano paraibana radicada na Italia Isabel Barbosa, junto ao violoncelista Raiff Dantas e a Orquestra Sinfonica da Paraiba,sob regencia do Maestro Alex Klein,comemoram os 100 anos do renomado Maestro Cearense Eleazar de Carvalho.
Producao Heda Heleny,Belas por Kintella,Piggy,Pe Louko e estilista italiana Barbara Farina.
Este Concerto é um evento de muita expectativa para a sociedade paraibana .
Isabel Barbosa a soprano paraibana,radicada na Italia, volta a se exibir prossimamente na Paraiba.
No repertorio:Arias de Opera francesas e italianas
Atualmente é uma das vozes mais interessantes do cenario lirico mundial.
Nasceu em Esperanca e recentemente tornou-se a primeira cantora lirica brasileira a participar da Accademia Festival Pucciniano,na Italia pais onde reside.
Como tambem abrira o Festival de Inverno de Campina Grande,no dia 23 de julho no Teatro Municipal Severino Cabral,ao lado do pianista Guilherme Rodrigues.
Raïff Dantas Barreto nasceu em João Pessoa. Começou seus estudos de violoncelo aos 14 anos com o Prof. Nelson Campos. No ano de 1989 foi para a Itália se especializar com o Prof. Enrico Contini no Conservatório Arrigo Boito de Parma, onde ficou até 1992. Ainda na Itália fez cursos com o pianista Dario De Rosa (Trio de Trieste) e com o "Nuovo Quartetto Italiano".
Voltando ao Brasil foi por três anos primeiro violoncelo da Orquestra Sinfônica da Paraíba. Em 1994 produziu e lançou o CD "Carrapicho", de música brasileira, no Brasil e na Europa, alcançando sucesso de público e de crítica.
Em 1996 assumiu a cadeira de primeiro violoncelo da Orquestra do Norte em Portugal. Foi violoncelista do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo na temporada de 1997, tendo a oportunidade de trabalhar com Antonio del Claro, Marco Antonio de Almeida, Watson Clis, entre outros.
Atuou como solista sob batutas de Eleazar de Carvalho, Fred Gerling, Lutero Rodrigues, Günter Arglebe. Fez recitais no Brasil, Espanha e Itália.
Postar um comentário