quarta-feira, 4 de julho de 2012

Orquestra da USP busca novos talentos



Foi prorrogado até 21 de julho de 2012, o prazo para inscrições no concurso para o Projeto Academia 2012, da Orquestra Sinfônica da USP (OSUSP), órgão da Pró-Reitoria de Cultura Extensão Universitária. O concurso foi criado com o objetivo de reconhecer talentos de instrumentistas interessados  na prática orquestral. Os ganhadores participam dos ciclos sinfônicos do repertório internacional na temporada de 2012 da OSUSP.
A OSUSP busca também os saberes musicais produzidos em outras regiões do país, com uma conformação mais popular como o baião, o forró e outras manifestações musicais se articulam perfeitamente com o erudito. O aluno instrumentista ou que se pretende regente estuda os clássicos para tocar ou reger o popular e vice-versa.
Parceria
Nesse sentido, a OSUSP articula parceria com a Universidade Estadual da Paraíba e a Universidade Federal de Campina Grande visando divulgar o concurso do Projeto Agenda 2012, no 3º Festival Internacional de Música de Campina Grande, que acontece de 2 a 7 de julho de 2012. A meta é fazer com que os vencedores desse Festival se inscrevam no concurso.
Vagas
O concurso oferece oito vagas para violinistas, três para violistas, três para violoncelistas, quatro para contrabaixistas, dois para trompistas, um para trombonista baixo e dois para percussionistas. O contrato é de prestação de serviços com salário mensal de R$ 1,5 mil.
Pode participar do concurso qualquer músico com, no mínimo, 18 anos de idade completos até a data de encerramento das inscrições, ter o Ensino Médio completo. Se for estrangeiro, é preciso apresentar o RNE ou passaporte válido.
A inscrição custa R$ 10 e pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 12h às 16h, na sede da OSUSP, Rua da Praça do Relógio, 109, bloco K, sala 126, Cidade Universitária, São Paulo. A ficha de inscrição está disponibilizada no site da OSUSP (www.sinfonica.usp.br) e deve ser entregue preenchida e junto com os documentos exigidos, além do comprovante de pagamento do valor da inscrição. No site, o candidato encontra também o edital completo, onde está descrito o tipo de prova prática e as peças musicais eruditas que serão solicitadas.
Busca pela diversificação
A OSUSP quer se reinventar e vai buscar em outras fontes os elementos que procura. Uma das medidas é a internacionalização. Os convênios com a Universidade de Weimar, na Alemanha, e a Universidade Autônoma do México visam transformar a OSUSP numa orquestra verdadeiramente acadêmica, além de manter sua configuração atual que se pretende profissional. Essa política está sendo paulatinamente implementada pela pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária, Maria Arminda do Nascimento Arruda e pelo professor Edson Leite, diretor da Orquestra.
Postar um comentário