quinta-feira, 27 de setembro de 2012

No MASP - O ESPECTRO DIVERSO - 600 ANOS DE CERÂMICA COREANA



De 17 de agosto, sexta-feira, a 25 de novembro de 2012, domingo.

Dinastias e estilos

Uma dos mais marcantes manifestações artísticas orientais, a arte cerâmica chega a São Paulo no próximo dia 17, sexta-feira, em exposição concebida especialmente para o MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. Com mais de 70 obras-primas da coleção do Museu Nacional da Coreia, todas inéditas no Brasil, O espectro diverso – 600 anos de cerâmica coreana explora a tradição ousada e surpreendentemente moderna da cerâmica que floresceu na Coreia durante. Com curadoria de Heagyeong Lee, do Museu Nacional da Coreia a exposição integra as comemorações dos 50 anos da imigração coreana ao Brasil e fica em cartaz até 25 de novembro no museu paulista.

Destaque em museus como o Metropolitan de Nova York e Museu de História Natural de Washington, a cerâmica coreana ocupa lugar de destaque no gênero e pela primeira vez será mostrada no Brasil. Na visão de Teixeira Coelho, curador do MASP, “será uma ocasião singular para apreciar a manifestação da beleza em seu estado mais puro, apesar da funcionalidade que as peças mostradas possam ter”.

Em texto de apresentação da mostra, ele escreve: “A criação de recipientes em cerâmica é um dos mais antigos modos de unir a funcionalidade dos objetos aos mais elevados princípios estéticos e filosóficos. É nela que se distingue com clareza a ética da estética, ou a vinculação da busca da forma adequada e, se possível, perfeita, aos princípios que devem reger a vida e o comportamento humanos”.

O espectro diverso – 600 anos de cerâmica coreana é uma iniciativa conjunta do MASP, Fundação Coreia e Museu Nacional da Coreia e tem patrocínio da Korean Airlines.
As dinastias e ideologias religiosas e filosóficas eram fortes influenciadores das artes e manufaturas na Coreia e os motivos e técnicas usados nas porcelanas foram claramente pautados neste contexto. A Dinastia Joseon (1392-1910), que durou cinco séculos e sucedeu à Goryeo (918-1392), trouxe uma grande mudança de paradigmas e presenciou o desenvolvimento do que é considerada a época de ouro da produção ceramista.

Inicialmente, esta porcelana só era usado pela família real e pela corte, para cerimoniais, rituais e utensílios de mesa, como copos e jarras, principalmente. Mas com o crescimento e difusão da técnica a população passou a demandar porcelana branca dos artesãos. E assim a produção deste tipo de cerâmica, iniciada nas províncias centrais e do sul, se espalhou por todo o país.

A mostra apresenta também a continuidade desta expressão artística nos dias de hoje e revela que a cerâmica coreana contemporânea não só herdou os métodos tradicionais de produção e decoração como também se adaptou ao gosto de hoje, forjando uma nova estética.
Informações Gerais
Serviço Educativo

Como para as demais exposições temporárias e mostras de obras do acervo realizadas pelo MASP, O Espectro Diverso tem um programa educativo elaborado especialmente para atender aos visitantes, professores e alunos de escolas públicas e privadas. As visitas orientadas são realizadas por uma equipe de profissionais especializados. Informações: 3251.5644, ramal 2112.


MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand

Av. Paulista, 1578. Acesso a deficientes. Horários: De 3ªs a domingos e feriados, das 11h às 18h. Às 5ªs: das 11h às 20h. A bilheteria fecha meia hora antes. Ingresso: R$ 15,00. Estudante: R$ 7,00. Até 10 anos e acima de 60 anos. Às 3ªs feiras: acesso gratuito.

Informações ao público: www.masp.art.br Twitter:http://twitter.com/maspmuseu|Tel.: (11) 3251.5644
imagem
Postar um comentário