quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Orquestra Sinfônica do RN recebe novo regente



O mês de setembro está repleto de novidades para a Orquestra Sinfônica do Rio Grande (OSRN), para afinar ainda mais a retomada das suas atividades nesse ano de 2012. A partir da próxima semana assume o novo coordenador artístico e regente, Dr. Linus Lerner, e ganha força a campanha “OSRN na China”, para angariar fundos para o concerto que realizarão no Oriente, em 2013.

A mais recente aquisição da OSRN e diferencial, atendendo o pleito feito à Secretaria Extraordinária de Cultura e Fundação José Augusto (Secultrn/FJA) por seus músicos, é a contratação do maestro gaúcho Dr. Linus Lerner, de vasta experiência internacional, como o novo regente e diretor artístico da Orquestra. Já nomeado, o maestro tomará posse na próxima semana, quando desembarca em Natal, e iniciará suas atividades a frente da Sinfônica, com sua primeira exibição no 5º Concerto Oficial da temporada 2012, no dia 25.

Doutor em música pela Universidade do Arizona, o maestro intercontinental já fez apresentações nos Estados Unidos, Espanha, República Tcheca, México entre outros países, além do Brasil. Muito aclamado pelos críticos, Lerner é apontado como um dos músicos mais carismáticos atualmente, e conquista também o público com sua energia e entusiasmo no palco.

Outra novidade é a ida da Orquestra, no começo da temporada de 2013, à China, onde mostrará ao povo chinês a boa música brasileira. “A OSRN será a primeira a realizar este feito, misturando música e dança. O maestro Dr. Linus Lerner encontra na Companhia da Escola de Dança do TAM (EDTAM) uma forte junção cultural”, ressalta Luis Antônio de Paiva, diretor musical da Sinfônica do RN. E, para tanto, “estamos realizando concertos onde podemos mostrar um pouco do que levaremos à China, apresentando não só grandes clássicos da música erudita, como compositores que fazem parte das nossas raízes: Luiz Gonzaga, Tonheca Dantas e outros.”, conclui o diretor.

Entretanto, para a viagem, que levará em média 90 pessoas (entre músicos, produção e dançarinos), poder se concretizar a OSRN busca parceiros, sejam pessoas físicas ou empresas, para apoiarem nessa importante empreitada. Uma vez que o Governo chinês custeará a estadia e alimentação, ainda assim há as despesas com passagens e outros gastos pertinentes, sendo necessário mais que o apoio garantido pelo Governo do Estado. Para isso, desde o concerto com Geraldo Azevedo, no Agosto da Alegria 2012 – É Festa para Deífilo, iniciou-se a campanha “OSRN na China”, para angariar fundos para essa grande jornada, com a venda de bonés (R$10) e camisetas (R$30), além de um ingresso simbólico nos próximos Concertos Oficiais no valor de R$10 (inteira) e R$5 (meia entrada). As vendas e informações de como apoiar a campanha acontecem na Sala da Orquestra, na sede da fundação José Augusto ou através do telefone 84 3232-5318.
Postar um comentário