quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Marlos Nobre assume a Orquestra Sinfônica de Recife


O Prefeito Geraldo Júlio pela primeira vez na história da Orquestra, apresentou pessoalmente o novo gestor e regente.

O compositor Marlos Nobre aceitou assumir o cargo de Regente Titular e Gestor da Orquestra Sinfônica de Recife, em meio a uma crise profunda da orquestra: o anterior regente que ficara por 12 anos à frente do conjunto vinha gerando profunda insatisfação. Finalmente um abaixo-assinado de 99% dos músicos pedindo seu afastamento sumário foi acatado pela Secretária de Cultura e pelo Prefeito de Recife.
Atendendo a um apelo da Secretária Leda Alves e do Prefeito Geraldo Júlio, aceitou a difícil tarefa de atuar no momento como gestor e novo regente da Orquestra, com a missão de reestruturá-la, acionar um projeto novo de gestão, estimular a auto-estima dos músicos e realizar um projeto de uma “Nova Orquestra Sinfônica de Recife” em termos profissionais.
Os primeiros passos foram simples e efetivos: uma imediata moralização do ânimo do grupo, totalmente esfacelado e sem uma programação definida, e que vinha tocando arranjos de músicas populares e cancelando suas apresentações sem mesmo um pré-aviso ao público.


O Prefeito Geraldo Júlio pela primeira vez na história da Orquestra, apresentou pessoalmente o novo gestor e regente, primeiro na sede da OSR, no Teatro de Santa Isabel e depois na Assembleia Legislativa, onde a indicação recebeu aclamação dos vereadores do Governo e da Oposição. A primeira batalha estava ganha, isto é, a confiança total dos músicos, dirigentes políticos e legislativos.

Imediatamente, começou os ensaios e, para testar as possibilidades da Orquestra colocou nas estantes a Quinta Sinfonia de Tchaikovsky. Após exaustivos ensaios a Orquestra começou a florescer e a desabrochar, com o empenho total dos músicos, já agora tendo um trabalho em andamento, com seriedade e empenho de todos.

Nas atuações circunstâncias, o novo gestor decidiu promover uma temporada com um concerto mensal, cada um deles trabalhado com intensidade e já prevendo um resultando de crescente qualidade.

O primeiro concerto de “estreia” desta nova Orquestra Sinfônica de Recife terá o seguinte programa e data:

ORQUESTRA SINFÔNICA DE RECIFE
- Teatro Santa Isabel
- Regência de Marlos Nobre
- Dia 28 de Agosto, 2013 às 20 horas

PROGRAMA
Beethoven
Abertura Egmont, Opus 84
Mozart
Concerto para Piano nº 27 em si bemol maior K.595
- Solista: Elyanna Caldas Silveira (1a. pianista brasileira finalista no Concurso Internacional Chopin, Varsóvia, Polônia)
Tchaikovsky
Sinfonia nº 5 em Mi menor Opus 64

Os próximos concertos da Orquestra Sinfônica de Recife já estão programados nas seguinte datas:
- 25 de Setembro
- 23 de Outubro
- 20 de Novembro
- 17 de Dezembro
Todos serão realizados no Teatro de Santa Isabel (sede da Orquestra Sinfônica de Recife), sempre às 20 h.
A programação total destes próximos 4 concertos já está sendo acertada e será comunicada o mais breve possível.
Postar um comentário