quinta-feira, 28 de março de 2013

Lançamento da temporada 2013 da OEMT


Um dos principais aparelhos artísticos do Governo de Mato Grosso, a Orquestra do Estado, retorna aos palcos mato-grossenses no próximo mês e anuncia agora o lançamento da nova temporada de concertos. Assim, a Orquestra dá continuidade a uma das metas do governador Silval Barbosa que é disseminar a cultura por todos os cantos de Mato Grosso, proporcionando lazer e permitindo o acesso a bens culturais de inestimável valor para população.
Ao longo deste ano, serão mais de 40 apresentações divididas em três séries de concertos (Oficiais, Populares e Didáticos) que exibirão repertórios eruditos e populares no Cine Teatro Cuiabá, em praças e locais públicos de oito municípios de Mato Grosso, e para 30 instituições de ensino das redes públicas e privadas de Várzea Grande, Nobre e Cuiabá.

Com a reabertura do indispensável Cine Teatro Cuiabá, a Temporada 2013 inicia de fato nos dias 20 e 21 de abril, com as primeiras apresentações da série de Concertos Oficiais, homenageando os 200 anos do compositor Giuseppe Verdi. Na ocasião, a Orquestra de Mato Grosso, em sua formação sinfônica (com todos os naipes de instrumentos), sob a batuta do maestro Leandro Carvalho, conta com a genialidade de um dos mais importantes violinistas da atualidade, o italiano Emmanuele Baldini, spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Os concertos de aberturas da temporada ainda exibem obras de Tchaikovsky e Mendelssohn.
A série de Concertos Oficiais, que tem toda sua programação agendada para o Cine Teatro Cuiabá, segue nos meses seguintes até novembro e conta ainda com a contribuição do acordeonista e compositor Toninho Ferragutti e o violoncelista Raiff Dantas. Também o violinista Fernando Pereira, músico de sólida formação e integrante de nossa Orquestra, e José Medeiros, primeiro oboé da Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasília, como solistas do Concerto em ré menor de Bach, sob a regência do maestro convidado Murilo Alves. Obras sinfônicas fundamentais do repertório universal fazem parte da programação deste ano, como a terceira sinfonia de Mendelssohn, juntamente com importantes efemérides. Além das comemorações de 150 anos de Ernesto Nazareth, 100 anos de Benjamin Britten e Lutoslawski, e 200 anos de Giuseppe Verdi e Richard Wagner.

Já na série de Concertos Populares, serão oito novas apresentações gratuitas, em locais públicos e ao ar livre. As cidades de Rondonópolis (01/08), Campo Verde (02/08), Cuiabá (03/08), Sapezal (05/08), Nova Mutum (07/08), Lucas do Rio Verde (08/08), Sorriso (09/08 ) e Sinop (10/08) poderão prestigiar no mês de agosto um programa acessível, focado na formação de novas plateias e que contribui para a democratização do acesso a bens culturais.
Para esta turnê, a Orquestra do Estado de Mato Grosso, sob a regência do maestro Leandro Carvalho, estará acompanhada do trio Pescuma, Henrique & Claudinho, exibindo verdadeiros “clássicos populares” que se tornaram referência do Rasqueado Mato-grossense.

Na série de Concertos Didáticos, dedicada a formação de novas plateias, foca suas atividades em instituições de ensino da rede pública e privada dos municípios de Cuiabá, Várzea Grande e Nobres. Suas ações buscam estimular, por meio da Orquestra e de oficinas didáticas preparatórias, o gosto pela música instrumental e o prazer em aprender.
A cada Temporada de Concertos Didáticos, a Orquestra adota um novo tema para a série. Este ano, Peer Gynt – O imperador de si-mesmo, do dramaturgo Henrik Ibsen, com música incidental do compositor norueguês Edvard Grieg, guiará oficinas de capacitação e apresentações nas escolas e no teatro. “O espetáculo criado especialmente para esta série sintetiza toda a carga expressiva das obras literária e musical. As Suites de Peer Gynt fazem parte das grandes obras-primas da humanidade, sendo apresentada regularmente nas principais salas de concerto do mundo desde sua criação”, explica o maestro Leandro Carvalho.

No novo espetáculo montado, a Orquestra assume sua formação sinfônica para exibir as Suítes n°1 e n°2 de Peer Gynt com movimentos entremeados por citações do texto de Ibsen, traduzido e adaptado pela respeitada escritora Ana Maria Machado no livro homônimo publicado pela editora Scipione numa coleção especialmente voltada para formação de jovens leitores.
Além das apresentações organizadas em três séries de concertos, a Orquestra programa para 2013 o lançamento de dois novos álbuns, Tango e Calidoscópio (este último com recriações da obra de Flausino Vale), que serão lançados pela gravadora Kuarup. Ainda este ano, a OEMT entra novamente em estúdio para gravar mais um disco, o nono, agora dedicado à arte de Ernesto Nazareh e Francisco Mignone.

Por fim, a OEMT abre a nova temporada de concertos com um site (www.orquestra.mt.gov.br) completamente reformulado, mais prático e informativo, ferramentas de download de sua discografia, galerias de fotos e vídeos, programação completa e entrevistas com importantes personagens da música de concerto que já passaram pela Orquestra nessas nove temporadas de concertos. (Com Assessoria)
AGENDA 2013
Abril
Concertos Oficiais - 20 e 21

Maio
Oficinas de capacitação em música ((Concertos Didáticos) – 8 e 9

Junho
Concertos Oficiais – 15 e 16

Concertos Didáticos – 18, 19, 20 e 21
Agosto
Concertos Populares – de 01 a 10

Setembro
Concertos Oficiais - 7 e 8

Outubro
Concertos Oficiais – 26 e 27

Novembro
Concertos Oficiais - 23 e 24

 
Postar um comentário