sexta-feira, 5 de abril de 2013

Grandes novidades marcam a temporada 2013 da Orquestra Sinfônica

 
Grandes novidades marcam a temporada 2013 da Orquestra Sinfônicatemporada 2013 da Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE) será um capítulo à parte na cena cultural sergipana neste ano. Após uma estréia muito especial, em março, que culminou com o lançamento de seu primeiro CD, a ORSSE promete um ano de concertos inesquecíveis para o público sergipano, com as mais variadas temáticas e uma gama de convidados de diferentes segmentos musicais.
A temporada é uma realização do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e do Instituto Banese, e conta com patrocínio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), e copatrocínio do Banese.
A temporada contará com 24 concertos, distribuídos em apresentações das séries ‘Cajueiros’ e ‘Mangabeiras’, no Teatro Tobias Barreto; ‘Laranjeiras’, no Teatro Atheneu; ‘Sons da Catedral’, na Catedral Metropolitana de Aracaju; e ‘Orquestra na Estrada’, que passará por municípios como São Cristóvão, Laranjeiras, Lagarto, Estância e Itabaiana.
Outro ponto de destaque nesta temporada serão as homenagens. No primeiro concerto, realizado no último dia 14, por exemplo, o grupo homenageou Heitor Villa-Lobos, e lançou o CD composto por importantes peças deste grande nome da música clássica nacional. Além de Villa-Lobos, o grupo homenageará Richard Wagner e Giuseppe Verdi, pelo bicentenário do nascimento desses compositores.
A secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, diz que o objetivo da Secult com a nova temporada da ORSSE é promover uma integração maior entre o grupo sinfônico e a cena musical sergipana. “Desde 2007, o Governo de Sergipe vem investindo significativamente na aproximação da orquestra com o público sergipano. Acreditamos que essa relação já está consolidada e partimos agora para estreitar os laços entre a ORSSE  e os músicos populares sergipanos”, explica Eloísa.
De acordo com o maestro titular e diretor artístico do grupo, Guilherme Mannis, a temporada tem como objetivo consolidar a vocação sinfônica do grupo e criar uma maior relação de identidade com o público. “O processo de elaboração de uma temporada nunca pode ser igual, temos que, a cada ano, variar, com o intuito de cativar o público, sempre como novos desafios e propostas, além de oxigenar artisticamente a orquestra, e culturalmente a população. Por isso, acredito que esta será uma temporada muito instigante e diferente de todas as outras que o público sergipano já viu.”, destaca o regente.
Concertos diferenciados
Para esta temporada, já estão previstas uma apresentação que contará com a presença do grupo Cataluzes e do grupo de choro Brasileiríssimo, e outra com o quarteto de violões Quaternaglia, além de um concerto junino que acontecerá no Arraiá do Povo, na Orla da Atalaia, e que contará com a presença de músicos populares.
Como nos anos anteriores, a presença de solistas e regentes convidados está confirmada, trazendo a Aracaju nomes como Luiz Fernando Malheiro, Nicolas Rauss, Marcelo de Jesus, Amaral Vieira, Daniella Carvalho, Rosana Lamosa, Edna d’Oliveira, Paulo Mandarino, Saulo Javan, Marco Pereira, Maíra Lautert e Sylvia Thereza, entre outros.
Vale destacar, também, que um dos últimos concertos da temporada será voltado exclusivamente à música sergipana, e que será realizado através de um Edital onde serão selecionados grupos locais para se apresentar frente à orquestra.
“Além de todos os convidados que já são marca do nosso grupo, nesta temporada nós teremos um maior contato com a produção musical sergipana, através do convite de grupos que irão tocar conosco e também deste edital. Junto com tudo isso, executaremos um grande número de obras de compositores nacionais, tais como as homenagens a  Villa-Lobos, e a apresentação de peças do maestro Jorge Antunes”, completa Mannis.
Confira a temporada completa de apresentações em Aracaju

ABRIL
04, quinta-feira, 20h30
Mangabeiras I - Teatro Tobias Barreto
Festival Latino-Americano – Brasil Sinfônico
 
GUILHERME MANNIS, regente
QUATERNAGLIA, quarteto de violões
José Pablo MONCAYO
Huapango
Leo BROUWER
Gismontiana
Heitor VILLA-LOBOS
Bachianas Brasileiras nº2
 
19, sexta-feira, 19h
Sons da Catedral I – Catedral Metropolitana de Aracaju
Homenagem ao bicentenário de nascimento de Richard Wagner (1813 - 2013)
 
DANIEL NERY, regente
EMERSON MELO, trompa
Wolfgang Amadeus MOZART
Concerto para trompa nº3, K.447, em mi bemol maior
Ralph VAUGHAN-WILLIAMS
The Wasps                         
Richard WAGNER
Abertura da ópera “Tannhäuser”
 
MAIO
03, sexta-feira, 20h30
Laranjeiras I - Teatro Atheneu
 
GUILHERME MANNIS, regente
MARCIO RODRIGUES, violino (spalla da ORSSE)
Giovanni Battista VIOTTI
Concerto para violino nº22, em lá menor
Igor STRAVINSKY
Petruchka
16, quinta-feira, 20h30
Cajueiros II - Teatro Tobias Barreto
Brasil Sinfônico
 
EMILIANO PATARRA, regente convidado
SYLVIA THEREZA, piano
Jorge ANTUNES
Nec plus ultra
Serge PROKOFIEV
Concerto nº3, op.26, em dó maior, para piano e orquestra
Franz SCHUBERT
Sinfonia nº6, D.589, em dó maior

JUNHO
05, quarta-feira, 20h30
Mangabeiras II - Teatro Tobias Barreto
Homenagem à música popular brasileira e sergipana – Brasil Sinfônico
DANIEL NERY, regente
BRASILEIRÍSSIMO, grupo de choro
CATALUZES, grupo solista
Chiquinha GONZAGA
Gaúcho – O Corta Jaca (arranjo de Pixinguinha)
Anacleto de MEDEIROS
Cabeça de Porco (arranjo de Pixinguinha)
Jacob do BANDOLIM
Vale Tudo (arranjo de Pixinguinha)
Doce de Coco (arranjo de James Bertisch)
Alvaro SANDIM
Flor do Abacate (arranjo de Pixinguinha)
PIXINGUINHA
Lamentos (arranjo de James Bertisch)
Zequinha de ABREU
Tico-tico no fubá (arranjo de James Bertisch)
VALDEFRÊ
Graveto
Cláudio MIGUEL/ Antônio AMARAL
Ilhas Olhos
Cláudio MIGUEL/ Oswaldo GOMES/ Antônio AMARAL/ VALDEFRÊ
 Valsa para Vanessa
Paulo MAIA/ VALDEFRÊ
SOS Amazônia
Cláudio MIGUEL/ Antônio AMARAL / VALDEFRÊ
Sangue d'Alma
Viola Guia
Voltar à aldeia
Cláudio MIGUEL
Cheiro da Terra - Cláudio Miguel
 
21, sexta-feira, 19h
Arraiá do povo – Orla de Atalaia
 
GUILHERME MANNIS e DANIEL NERY, regentes
Celebração Junina com atração popular, a confirmar
 
JULHO
11, quinta-feira, 20h30
Cajueiros III – Teatro Tobias Barreto
 
GUILHERME MANNIS, regente
AMARAL VIEIRA, piano
CORO SINFÔNICO DA ORSSE
DANIEL FREIRE, regente
EDNA D’OLIVEIRA, soprano
ADRIANA CLIS, contralto
ANDRÉ VIDAL, tenor
CARLOS EDUARDO MARCOS, baixo
Francis POULENC
Aubade: Concerto chorégraphique
Wolfgang Amadeus MOZART
Sinfonia nº40, K.550, em sol menor
Requiem, K.626 (finalização de Süssmayr)
 
25, quinta-feira, 20h30
Laranjeiras II – Teatro Atheneu
Homenagem ao bicentenário de nascimento de Richard Wagner (1813 - 2013)
 
MARCELO DE JESUS, regente convidado
Richard WAGNER
Abertura da ópera “Rienzi”
Abertura da ópera “O Navio Fantasma”
Abertura da ópera “Os Mestres Cantores de Nurembergue”
Ludwig van BEETHOVEN
Sinfonia nº4, em si bemol maior, op.60
 
AGOSTO
 
08, quinta-feira, 20h30
Mangabeiras III – Teatro Tobias Barreto
Brasil Sinfônico
 
LEONARDO DAVID, regente convidado
MARCO PEREIRA, violão
Marco PEREIRA
Violão Vadio
Suíte das Águas
Círculo dos amantes
Jean SIBELIUS
Sinfonia nº2, op.43, em ré maior
 
30, sexta-feira, 19h
Sons da Catedral II – Catedral Metropolitana de Aracaju
Brasil Sinfônico
 
GUILHERME MANNIS, regente
JAIR MACIEL, contrabaixo
Jorge ANTUNES
Pedra de cantaria
Giovanni BOTTESINI
Concerto para contrabaixo e orquestra
Hector BERLIOZ
Sinfonia Fantástica
SETEMBRO
06, sexta-feira, 20h30
Laranjeiras III – Teatro Atheneu
LUIZ FERNANDO MALHEIRO, regente convidado
MAÍRA LAUTERT, soprano
Gustav MAHLER
Sinfonia nº4
 
19, quinta-feira, 20h30
Cajueiros IV – Teatro Tobias Barreto
NICOLAS RAUSS, regente convidado
Jean SIBELIUS
Sinfonia nº6, op.104
Felix MENDELSSOHN-BARTHOLDY
Abertura “As grutas de Fingal/As Hébridas”, op. 26
Jean SIBELIUS
Valse Triste
Felix MENDELSSOHN-BARTHOLDY
Abertura “Dos contos da bela Melusina”, op.32
OUTUBRO
 
11, sexta-feira, 20h30
Laranjeiras IV – Teatro Atheneu
 
DANIEL NERY, regente
ANDRESSA SOUTO, violoncelo
Piotr Ilytch TCHAIKOVSKY
Variações sobre um tema Rococó
Johannes BRAHMS
Sinfonia nº3, op.90, em fá maior
24, quinta-feira, 20h30
Cajueiros V - Ópera – Teatro Tobias Barreto

Bicentenário do nascimento de Giuseppe Verdi (1813-2013)
GUILHERME MANNIS, regente
DANIELLA CARVALHO, soprano
CORO SINFÔNICO DA ORSSE
DANIEL FREIRE, regente
Giuseppe VERDI
A Força do Destino: Abertura sinfônica
Otello: Ária Salce, salce! Ave Maria
Um baile de máscaras: Abertura sinfônica, Ária Morro ma prima in grazia
Don Carlo: Ária Tu che le vanita
Nabucco: Coro Va pensiero
I Vespri Siciliani: Abertura sinfônica
La traviata: Ária Addio del passato
Aïda: Prelúdio Sinfônico, Ária Qui Radamès verrà! – Oh patria mia, Coro Gloria al Egito

NOVEMBRO
07, quinta-feira, 19h
Sons da Catedral III - Catedral Metropolitana de Aracaju
GUILHERME MANNIS, regente
MÁRCIO RODRIGUES, violino
MIRNA HIPÓLITO, flauta
ÉRICA RODRIGUES, flauta
Johann Sebastian BACH
Concerto de Brandemburgo nº4
Piotr Ilytch TCHAIKOVSKY
Francesca da Rimini, op.32
Alexander BORODIN
Nas estepes da Ásia Central
20, quarta-feira, 20h30
Mangabeiras IV – Teatro Tobias Barreto
Brasil Sinfônico
DANIEL NERY, regente
DANIEL GUEDES, violino
ANTONIO LAURO DEL CLARO, violoncelo
César GUERRA-PEIXE
Tributo a Portinari
Ludwig van BEETHOVEN
Concerto para violino e orquestra em ré maior
Nino ROTA
Concerto para violoncelo e orquestra
DEZEMBRO
5, quinta-feira, 20h30
Laranjeiras V – Teatro Atheneu

DANIEL NERY, regente
Beatles Sinfônico
Concerto do edital de música sergipana
19, quinta-feira, 20h30
Cajueiros VI – Teatro Tobias Barreto

GUILHERME MANNIS, regente
CORO SINFÔNICO DA ORSSE
DANIEL FREIRE, regente
ROSANA LAMOSA, soprano
CAROLINA FARIA, mezzo-soprano
PAULO MANDARINO, tenor
SAULO JAVAN, baixo
Giuseppe VERDI
Hino das nações
Johannes BRAHMS
Variações sobre um tema de Haydn, op.56a
Anton BRUCKNER
Te Deum

 
Postar um comentário