segunda-feira, 28 de março de 2011

Orquestra Municipal de Bertioga se apresenta em Ensaio Aberto dia 28

A Orquestra de Bertioga, que vem sendo reestruturada desde o ano passado, e que é formada por jovens e crianças que participam das oficinas de música, oferecidas pela Prefeitura do Município, por meio da Secretaria de Educação e Desenvolvimento Cultural, realiza mais um Ensaio Aberto da Nova Geração, no próximo dia 28, a partir das 19 horas, na Sala de Música da Casa da Cultura, que fica na Avenida Thomé de Souza, 130 – Praia da Enseada (Centro).As apresentações, que tiveram início no dia 28 de fevereiro, acontecerão toda última segunda-feira de cada mês, e são abertas a toda população. A entrada é franca. Os sons dos violões, violinos, flautas, viola, trompa, trompete, trombone, tuba saxofone, comandados pela Orquestra de Bertioga invadiram a Sala de Música da Casa da Cultura, na noite de 28 de fevereiro, com um espetáculo de tirar o chapéu e que emocionou pais e autoridades que estiveram prestigiando o primeiro Ensaio Aberto da Nova Geração, sob a batuta do maestro Joel Gonzaga.A orquestra, formada por 29 alunos, com idade entre 09 e 30 anos, que participam das aulas de canto e instrumentos musicais, oferecidas pelo Município, sob a coordenação da Secretaria de Educação e Desenvolvimento Cultural, faz parte do Projeto Educando para a Cidadania, desenvolvido pela Prefeitura, com crianças e adolescentes que participam das aulas de canto e de instrumentos diversos nos centros culturais da Associação Civil Cidadania Brasil (ACCB) na Praia da Enseada (Centro) e em Boracéia, e em mais de 40 polos distribuídos pelo Município, entre Caiubura e Boracéia.Naquela noite, o prefeito do Município, que esteve acompanhando a apresentação, junto com assessores e secretários municipais, se emocionou ao ver o sonho de reativar a Orquestra Municipal começar a se realizar. No repertório, temas de clássicos do cinema como Titanic, Rei Leão, Tarzan, e a 9ª Sinfonia de Beethoven, que arrancou aplausos do público, que pediu bis. Durante o evento, o aluno de uma das oficinas de canto, Diego Moreira, interpretou a canção ‘Nuvens de Lágrimas’, de Chitãozinho e Xororó. No intervalo de uma música para outra, alunos falavam sobre o instrumento que estavam tocando, passando aos convidados informações sobre cada equipamento.Atento ao que assistia, o prefeito parabenizou a todos que estão participando do projeto, manifestando satisfação por ver a Orquestra Municipal de volta. “É um motivo de honra e alegria, porque estamos investindo no outro lado da moeda, que é o caminho certo para nossos jovens. Este é o caminho do alicerce, que dará incentivo a tantas outras crianças”, comemorou, lembrando que são mais de quatro mil inscrições e mais de 40 cursos oferecidos pelo Município. “O que se investe nessas crianças é para o resto da vida”, disse o prefeito. A Orquestra de Bertioga surgiu da vontade do prefeito Mauro Orlandini, desde a sua primeira gestão (1993 a 1996), que viu na educação musical uma das maneiras de mudar a realidade de crianças e adolescentes, formando novos músicos, com o objetivo de fortificar as manifestações artístico-culturais, além de despertar e cultivar a vocação musical.Depois de algum tempo paralisada, a orquestra começa a ser reestruturada pela Atual Administração Municipal e já mostra excelentes resultados, tendo inclusive já se apresentado em Ilhabela (Litoral Norte), em dezembro do ano passado, abrindo um festival de música naquele município.De acordo com o maestro Joel, que na oportunidade agradeceu a confiança dos pais, e aos 11 professores que trabalham com os jovens nos cursos oferecidos pela Prefeitura de Bertioga, até o próximo mês de julho, a proposta é dobrar o número de alunos na orquestra, chegando a 60 integrantes
Postar um comentário