segunda-feira, 21 de maio de 2012

"MÚSICA NO MASP" RECEBE ATRAÇÃO INTERNACIONAL: O CORO AFRO-AMERICANO DA UNIVERSIDADE MORGAN STATE


A programação musical de São Paulo tem desde 2007 uma saborosa série gratuita de concertos e shows de música instrumental. Idealizada e realizada pela Art Invest, a série Música no MASP tem suas apresentações realizadas sempre às terças-feiras, às 12h30, no Grande Auditório do MASP.
O público primário do projeto é o grande número de pessoas que circula cotidianamente no horário de almoço pela Avenida Paulista, um fluxo estimado em mais de 1,5 milhão de pessoas por dia. Mas a série atrai também os paulistanos apaixonados pela boa música, bem como umm crescente número de turistas que vêm à Capital para visitas ao Museu.
Foco na preservação do patrimônio dos spirituals – O coro afro-americano The Morgan State University Choir, atração internacional da série Música no MASP na terça-feira 22 de Maio, é um dos mais prestigiados conjuntos corais universitários dos Estados Unidos. A Universidade Morgan State tem seu campus na cidade de Baltimore. Com tradição de quase 150 anos, é uma das mais conceituadas universidades negras nos Estados Unidos.
        O grupo é formado pelo Coro da Universidade, com 130 vozes, e pelos Cantores Morgan, cerca de 40 vozes. Fazem parte do repertório do grupo obras do repertório clássico, canções gospel e peças de música popular contemporânea compõem o repertório do coro. Mas o coro é reconhecido principalmente por sua ênfase na preservação do património dos spirituals.
       O Morgan State University Choir já fez apresentações no mundo inteiro, em constantes turnês por Canadá, África, Ásia, Europa e América do Sul. Aclamado por suas performances, atua com grande frequência junto a grandes orquestras – entre elas as filarmônicas de Nova York e de Los Angeles –, bem como com grandes nomes da música americana – como Jessye Norman, Kathleen Battle, Regina Carter, Billy Taylor e Dave Brubeck.
        Os cerca de 50 anos de atividades do Morgan State University Choir têm inúmeros fatos marcantes. Na temporada 1999-2000, o Coro realizou a première de “All Rise”, de Wynton Marsalis, com a Filarmônica de Nova York e Kurt Mazur. Em 2006, apresentou-se em New Orleans em concerto em benefício das vítimas do furacão Katrina. Em 2007, fez concertos em Gana, no 50º aniversário da independência do país africano. Em 2008, cantou no Carnegie Hall a Missa de Réquiem de Fauré, com Bobby McFerrin e a Orquestra de St. Lukes.
        No mesmo ano voltou ao Carnegie Hall junto à Sinfônica de Baltimore sob regência de Marin Alsop, em concerto com a Missa de Leonard Bernstein, na celebração dos 90 anos do compositor – a gravação do concerto, lançada em CD pela Naxos, recebeu indicação para o Grammy de Melhor Álbum Clássico. Em 2009 o Coro excursionou pela África do Sul e cantou para nelson Mandela nas comemorações de seus 90 anos. Em 2010 apresentou-se pela primeira vez na China e na Rússia.
        Atualmente em sua primeira turnê pelo Brasil, o Morgan State University Choir apresenta-se com 60 vozes atua sob regência de Eric Conway, que atua também ao piano. Conway é diretor artístico e regente do Morgan State desde 2005, quando sucedeu a Nathan Carter (1936-2004), que foi seu diretor por 35 anos.
Postar um comentário