quarta-feira, 14 de março de 2012

Camerata Aberta apresenta “Farsa para Orquestra” no SESC Vila Mariana (SP)


Na abertura de sua temporada 2012 e com regência do maestro alemão Felix Krieger, o premiado grupo de música contemporânea Camerata Aberta apresenta “Farsa para Orquestra”, que explora a teatralidade e a ironia na situação de concerto. A obra Divertimento de Kagel, ironiza e eleva ao absurdo a relação entre o regente e os instrumentistas, em que uma performance é criada por meio da submissão voluntária dos músicos a esse líder com a partitura. Archeologia del Telefono, de Sciarrino, é uma obra de refinado humor musical e antropológico que aborda o problema da comunicação em um mundo dominado pelas novas tecnologias. A obra do compositor brasileiro Lunsky associa-se à peça de Sciarrino pelo uso sutil de diversos ruídos produzidos pelos instrumentos, em diversos momentos fazendo referência à textura granulada do atrito da areia.
CAMERATA ABERTA
FELIX KRIEGER regência

programa:
“Farsa para Orquestra”
SALVATORE SCIARRINO Archeologia del Telefono
ALEXANDRE  LUNSQUI areia II
MAURICIO KAGEL Divertimento?
4 ABR 2012_quarta, 21H
SESC Vila Mariana – Rua Pelotas, 141, Vila Mariana, São Paulo
Postar um comentário