quinta-feira, 8 de março de 2012

PROJETO “MAESTRO CAPEMISA” VOLTA A SE APRESENTAR ESTE ANO COM NOVA SERIE DE CONCERTOS DE MÚSICA CLÁSSICA PARA TODO O BRASIL

Primeiras apresentações de 2012 acontecem nos próximos dias 8 e 11 de março, em Americana, São Paulo. O compositor Villa-Lobos será o grande homenageado.

Depois de seu grande sucesso em 2011, o Projeto “Maestro Capemisa” - que promoveu ano passado apresentações nacionais e internacionais de concertos clássicos com diversas orquestras profissionais do País e da Europa -, volta este ano com uma agenda completa para os quatro cantos do Brasil e para o exterior. Desta vez, o evento fará uma homenagem ao grande compositor clássico de renome internacional, Heitor Villa-Lobos, com o tema “A viagem de Villa-Lobos”. A primeira apresentação está marcada para o dia 8 de março (quinta-feira), às 20h, Auditório da Escola de Musica Heitor Villa-Lobos e a segunda dia 11, domingo, na Igreja Presbiteriana, ambos em Americana, São Paulo.
A Orquestra Sinfônica de Americana estará sob a regência do Maestro Laércio Diniz, também responsável pela série de 2011, que vai procurar refazer este ano a viagem do grande compositor brasileiro Villa-Lobos, sobretudo, em países e com orquestras em que este ícone se apresentou
No Programa de Americana, o público terá a oportunidade de ouvir os clássicos: Suite Saudades do Brazil (em quatro peças) do fracês Darius Milhaud, compostas durante a sua estada na América Latina, entre 1917 e 1918; Fantasia patoral Hungara op 26 para flauta do flautista, compositor e maestro austríaco A. Doppler, na companhia do extraordinário solista James Strauss; e as famosas Bachianas Brasileiras número 2 de Villa-Lobos.
Com o patrocínio da CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência, uma das principais seguradoras do País, o projeto vem popularizando a música clássica e descentralizando os patrocínios. O regente Laércio Diniz é o grande convidado dos eventos, e as orquestras participantes têm os custos do maestro pagos pela Seguradora, o que permite que o evento se estenda para além do eixo Rio-São Paulo e até para fora do Brasil.
No ano passado, o Projeto percorreu diversas cidades, dentre elas: Americana (SP), Tatuí (SP), João Pessoa (PA), Bragança Paulista (SP) e São Paulo, Campinas (SP), Vassouras (RJ), São João Del Rei (MG), Rio de Janeiro e por fim chegou à Europa, mais precisamente, em Hilversum, na Holanda com a apresentação da “New Netherlands Orchestra”, criada graças a Laércio Diniz, que também acumula as funções de regente e de diretor do conjunto.
Programa 2012 em Americana, São Paulo
Darius Milhaud: Suite Saudades do Brasil (quatro peças)
A. Doppler Fantasia patoral Hungara op 26 para flauta
Solista: James Strauss
Villa-Lobos: Bachianas Brasileiras número 2
Orquestra Sinfônica de Americana
A Orquestra Sinfônica de Americana é formada por instrumentistas profissionais e foi uma das primeiras instituições do gênero a surgir em uma cidade do interior
Fundada na década 80, tem dedicado seu trabalho à formação de público, tendo como estratégia a difusão da música em suas várias tendências e estéticas, através de programas como: Concertos Clássicos, Óperas, Encontro com a Sinfônica, Concertos Comunitários, entre outros, sempre apresentando obras de conhecidos compositores populares e eruditos.
A Prefeitura de Americana tem mantido este patrimônio da cidade da melhor forma possível. Já são 25 anos de existência, pois a Administração Municipal reconhece sua importância e procura mantê-la em constante atividade.
Postar um comentário