segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Crítica: 'Orfeu', de Cacá Diegues, é um filme que merece ser revisto


Ao respeito meio submisso que sempre se teve pelo "Orfeu do Carnaval" (Canal Brasil, 15h) que Marcel Camus filmou no Brasil em 1959, sucedeu certo desprezo pelo "Orfeu" (Canal Brasil, 18h30) de Carlos Diegues.

Desprezo talvez injusto. Estamos na mesma história de amor entre Orfeu e Eurídice. Como no filme de Camus, o mito é adaptado ao morro carioca. Mas o morro de 1999 é outro. A escola de samba e a violência convivem: eis aí uma diferença de fato trágica.


Como Diegues é um cineasta do espetáculo, e que organiza seu espetáculo frequentemente com a exuberância e o andamento de uma escola de samba, seu "Orfeu" acaba por produzir uma feliz integração entre fundo e forma. Um filme que merece ser revisto.
Postar um comentário