sexta-feira, 25 de outubro de 2013

EM oferece curso de composição para órgão


A Escola de Música (EM) promove em novembro um curso de extensão voltado à composição para órgão. A iniciativa conta com assinatura de Alexandre Rachid, docente do instrumento da instituição e conhecido improvisador.

Rachid, que recentemente finalizou o primeiro concerto para órgão e orquestra escrito no país, destaca que “o público-alvo são alunos de composição, regência, órgão, piano e cravo, além de aficionados e amantes do instrumento e da composição organística em geral”.

O curso acontecerá todas as terças-feiras do mês (05, 12, 19 e 26 de novembro), no horário das 09 às 14h, e será ministrado no Foyeur do Salão Leopoldo Miguez.
Podem participar alunos da EM e das demais unidades da UFRJ, além de estudantes de conservatórios e de outras universidades e instituições musicais.

Haverá certificado no final para quem obtiver 75% de frequência (ou seja, assistir 3 das 4 aulas). Inscrições podem ser feitas diretamente no Setor Artístico da EM, pelo telefone (21) 22628742 ou pelo correio eletrônico artistico@musica.ufrj.br.
A Escola de Música fica na Rua do Passeio, 98, Lapa, Rio de Janeiro - RJ
Alexandre Rachid

Organista, pianista e compositor, Rachid nasceu no Rio de Janeiro e é Bacharel e Mestre em Órgão pela UFRJ, com Tese sobre “Messe de La Pentecôte” de Olivier Messiaen para Órgão, na classe da Profª Drª Gertrud Mersiovsky. Bacharel em Composição na classe da Profª Drª Marisa Rezende.

Medalha de Ouro em Órgão, pela UFRJ, com louvor e por unanimidade; finalista do Concurso Internacional de Improvisação ao Órgão e ao Piano, de Montbrison (França); Compôs a obra “Ave Maria”, para Coro e Orquestra, para ser executada por ocasião da estada do Papa João Paulo II no Rio de Janeiro, tendo sido executada em estreia mundial no dia 30 de junho de 1997, com a Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFRJ e Coro da Universidade Católica de Petrópolis sob a regência do maestro Ernani Aguiar.

Participou do Concurso Internacional “Queen Elisabeth” na Bélgica, com a obra “Rondó Brilhante” para piano e orquestra, com estreia mundial pela Orquestra Sinfônica da UFRJ no dia 23 de outubro de 2000, sob a regência do maestro André Cardoso. Sua obra “Variações sobre um Tema Chinês”, para piano, foi estreada na China, no Grande Teatro da Universidade de Pequim, em 07 de novembro de 2007, pela pianista brasileira radicada em Londres, Clélia Iruzun.



Doutor em Música (Composição Musical) pela UNIRIO, tendo sido orientado pelo renomado compositor Prof. Dr. Ricardo Tacuchian. Compôs o Primeiro Concerto para Órgão e Orquestra do Brasil. Atualmente é Professor Adjunto de Órgão na Escola de Música da UFRJ.
Postar um comentário