sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Camerata de Violões do Conservatório Brasileiro de Música (RJ)

A ASSOCIAÇÃO DE VIOLÃO DO RIO
APRESENTA:
Camerata de Violões do 
Conservatório Brasileiro de Música
Local: Sala das Sessões do Centro Cultural Justiça Federal.
Avenida Rio Branco 241. Centro, Rio de Janeiro.
Data: 20 de agosto de 2011 (sábado)
Horário: 17:00. Espetáculo com 70 minutos de duração.
Ingresso: R$ 4,00 e R$ 2,00 (estudantes e terceira idade).
PROGRAMA
FRANCISCO MIGNONE                                - Congada (arr. Lenine Vasconcellos)     
RICARDO TACUCHIAN                               - Imagem Carioca                                  
OSCAR LORENZO FERNÂNDEZ               - Três Estudos em Forma de Sonatina (arr. Fabio Adour)      
CLAUDIO SANTORO                                     - Toccata (arr. Rogério Borda)                
ROBERTO VICTORIO                                    - Microconcerto                                     
ROGERIO BORDA                                          - Pássaros                                            
GAETANO GALIFI                                           - Canuã Liberta seu Povo                    
Integrantes da Camerata de Violões do Conservatório Brasileiro de Música:
Paulo Pedrassoli (direção musical), Gaetano Galifi, Lenine Vasconcellos, Eduardo Gatto, Valmyr de Oliveira, Rogério Borda, Artur Gouvêa e Adriano Furtado 
SOBRE A ASSOCIAÇÃO, DE VIOLÃO DO RIO
Em 20 de janeiro de 2011, a Associação de Violão do Rio completou dez anos. Neste período, organizou mais de trezentos (300) eventos, entre concertos, palestras, ensaios abertos e outros, três CD`s coletivos e nove concursos. Sustenta um Projeto Social voltado ao ensino gratuito do violão em vários bairros carentes, uma Orquestra de Violões e o Sarau mensal, evento aberto ao público, aonde qualquer pessoa pode trazer seu violão e tocar. Mantém ou manteve parcerias e convênios com as Prefeituras do Rio e de Niterói, o SESC Rio, a Rádio MEC e o Centro Cultural Justiça Federal, entre outros. Encomendou obras significativas de importantes compositores brasileiros, como Edino Krieger, Luiz Otávio Braga e Pauxy Gentil-Nunes, que foram estreadas como obras de confronto em certames organizadas pela Associação. Tudo isso, trabalhando geralmente com pouco ou nenhum apoio financeiro. Com essas realizações, a AV-Rio estabelece uma trajetória que a posiciona como a mais atuante associação de violão da história do nosso país.

Telefone de contato: Nicolas de Souza Barros - 2286-6901 (não uso celular).
RELEASE - Camerata de Violões do Conservatório Brasileiro de Música
A Camerata de Violões comemora quinze anos de atividades. O grupo nasceu numa reunião de professores do Conservatório Brasileiro de Música e ganhou espaço no cenário musical com vibrantes interpretações de um repertório brasileiro de altíssima qualidade. Seu primeiro cd, lançado em 2001, recebeu referências elogiosas da crítica especializada nacional e internacional. A revista inglesa CLASSICAL GUITAR referiu-se ao conjunto como “uma orquestra de violões que produz uma sonoridade deslumbrante”. Formada por oito violonistas de destaque, que também são compositores e arranjadores, a Camerata de Violões apresenta um repertório eclético e colorido, calcado nas tradições musicais brasileiras, mas com forte sotaque contemporâneo. Com apresentações em diversos estados brasileiros, a Camerata de Violões do CBM vem conquistando a admiração do público e de grandes músicos como Hermeto Pascoal, que dedicou uma composição inédita ao octeto. O segundo CD do grupo foi lançado pela gravadora Biscoito Fino em abril de 2009, num recital coroado de êxito na Sala Cecília Meireles.   
Críticas
“... uma orquestra de violões que produz uma sonoridade deslumbrante (...) uma gravação inspiradora, que todos os grupos deveriam se apressar em obter.”CLASSICAL GUITAR MAGAZINE – Londres.
“... a Camerata exibiu trabalho interessantíssimo, acionando com flagrante resultado artístico oito violonistas” Carlos Dantas – TRIBUNA DA IMPRENSA.
“...a propósito, o cd é um primor.”   Débora Ghivelder  – VEJA Rio.
“Tivemos um encontro muito bonito aqui em casa. Um encontro de muita musicalidade, mas o que me impressionou na Camerata de Violões foi a família musical compondo. A turma que está com o Paulo toca uma música muito linda”. Hermeto Pascoal.
“... a Camerata de Violões do CBM tem lugar assegurado no nosso cenário musical.”  TRIBUNA DA IMPRENSA. 
 Camerata do CBM neste sábado no CCJF - AV-RIO
Postar um comentário