quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Maestro Daniel Barenboim é indicado ao Nobel da Paz


O maestro e pianista argentino Daniel Barenboim, de 69 anos, será indicado ao Prêmio Nobel da Paz por se valer da música para trazer paz ao Oriente Médio. O anúncio oficial sobre a indicação do maestro será feito no dia 17, na Academia Argentina de Letras, em Buenos Aires. Cerca de 2.500 pessoas na Argentina apoiam a indicação. Em 1999, ao lado do falecido intelectual palestino Edward Said, Barenboim reuniu jovens árabes, israelenses e iranianos para formar a Orquestra West-Eastern Divan, que viaja pelo mundo para propagar a paz por meio da música. "A música não pode resolver conflitos, mas ela tem a capacidade de fazer as pessoas se interessarem e se apaixonarem pela mesma coisa", disse Barenboim terça-feira antes de sua orquestra executar um concerto na Coreia do Sul. As informações são da Dow Jones.
Postar um comentário