segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Romeu e Julieta no Teatro São Pedro de São Paulo



Ópera Romeu e Julieta, de Charles Gounod, é montada no Theatro São Pedro nos dias 10 a 14/8

A célebre história do jovem casal apaixonado separado por famílias rivais toma o palco do Theatro São Pedro de quarta a sexta (10 a 12/8), às 20h, e sábado e domingo (13 e 14/8), às 17h. Baseada na peça homônima de William Shakespeare, a ópera de Charles Gounod, com libreto de Jules Barbier e Michel Carré, é executada pela Orquestra do Theatro, vencedora do Prêmio Carlos Gomes em 2011 na categoria Orquestra Sinfônica. A regência é do maestro Luís Gustavo Petri. A montagem é uma realização do Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, com produção da APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte. Os ingressos custam R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (meia-entrada).
“Estamos construindo um espetáculo leve, jovem, com aspectos lúdicos. Quatro anjos palhaços, que representam um destino irônico, conduzem a tragédia”, afirma o diretor cênico Vinícius Torres Machado, que estreia no universo da ópera. O cenário e o figurino são assinados por Eliseu Weide.
O tenor Fernando Portari, que acaba de dar vida a Romeu no La Scala de Milão, reveza-se com o jovem Atalla Ayan, elogiado pela crítica após se apresentar no recital do Metropolitan Opera, em Nova York, em julho. As sopranos Rosana Lamosa e Laryssa Avarazi interpretam Julieta e os barítonos Leonardo Neiva e Amadeu Tasca fazem Mercucio.
“Essa é uma das grandes óperas românticas francesas, bastante expressiva. O som é sutil, com textura sonora e dimensão mais trágica do que dramática. Todas as sensações são descritas pela música, é impressionante”, afirma o maestro Luís Gustavo Petri.
Luís Gustavo Petri - Um dos maiores nomes da regência no Brasil, criou e é o regente titular da Sinfônica de Santos desde 1994. Já esteve à frente de orquestras como a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP), Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) e Filarmônica de Manaus. No Teatro Municipal do Rio de Janeiro regeu a estreia nacional da versão de concerto de Candide de Bernstein (2000/2001), bem como a estreia, também no Rio de Janeiro, do musical Magdalena, de Villa-Lobos (2010). Regeu a OSB na estreia da trilha original do Encouraçado Potemkim (2005). Com Cleber Papa,  criou a Ópera Cantada e Contada. Foi o diretor musical dos sucessos My Fair Lady, West Side Story, Victor ou Victoria, Cabaret, com Beth Goulart, Lago 21 e Cidades Invisíveis. Recebeu vários prêmios por seus trabalhos como compositor e diretor musical, entre eles os prêmios Shell, APETESP e APCA.
Vinícius Torres Machado - Bacharel, mestre e doutorando em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo com pesquisa em Máscara Teatral. Trabalhou como ator com Antonio Januzelli, Tiche Viana, Beth Lopes, Esio Magalhães e Marcio Douglas. Estudou teoria teatral com Luiz Fernando Ramos, Silvia Fernandes e Antonio Araújo. Com a Cia Troada,  escreveu e dirigiu os espetáculos A  Porta, A Metamorfose, A  Sombra das nuvens e Espera. Hoje, trabalha na Escola Superior de Artes Célia Helena e na Escola Livre de Teatro de Santo André.
Romeu e Julieta, Charles Gounod
Realização:
Governo de São Paulo – Secretaria de Estado da Cultura
Produção e direção artística: APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte
Regência: Luís Gustavo Petri
Direção Cênica: Vinicius Machado Torres
Elenco: Dias 10, 12 e 14/8 - Fernando Portari (Romeu), Rosana Lamosa (Julieta), Leonardo Neiva (Mercucio), Alzeny Nelo (Estefano), Fernanda Nagashima (Gertrude), Fábio Siniscarchio (Theobaldo), Pedro Vaccari (Benvolio), Daniel Germano (Páris), André Angenendt (Gregório), Ademir Costa (Capuletto), Saulo Javan (Frei Lorenzo), Misael dos Santos (Duque de Verona)
Dias 11 e 13/8 - Atalla Ayan (Romeu), Laryssa Avarazi (Julieta), Amadeu Tasca (Mercucio), Alzeny Nelo (Estefano), Fernanda Nagashima (Gertrude), Fábio Siniscarchio (Theobaldo), Pedro Vaccari (Benvolio), Daniel Germano (Páris), André Angenendt (Gregório), Ademir Costa (Capuletto), Saulo Javan (Frei Lorenzo), Misael dos Santos (Duque de Verona)
Data: quarta, quinta e sexta-feira  (10, 11, 12/8), às 20h | sábado e domingo (13 e 14/8), às 17h
Local: Theatro São Pedro - R. Barra Funda, 171 - Barra Funda
Número de Lugares: 636
Ingressos das óperas: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)
Vendas na bilheteria do Theatro e no Ingresso rápido:
www.ingressorapido.com.br
Telefone para Informações: (11) 3667-0499 begin_of_the_skype_highlighting              (11) 3667-0499      end_of_the_skype_highlighting
 

Postar um comentário