quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Sumi Jô na Sala São Paulo



Presença regular nos principais palcos de ópera do mundo, a soprano sul-coreana Sumi Jo volta ao Brasil, em setembro, para uma única apresentação que será realizada na capital paulista. Dona de uma voz emocionante, a cantora é uma das mais conhecidas de sua geração e já se apresentou nos Jogos Olímpicos de Pequim e na Copa do Mundo de Futebol da Coreia e do Japão. Em 2003 foi eleita Artista pela Paz pela UNESCO.

O evento, que será realizado no dia 24 de setembro na Sala São Paulo, faz parte da série de concertos internacionais promovida pela TUCCA - Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer. Toda bilheteria será revertida para o tratamento de crianças e adolescentes carentes com câncer, assistidos pela TUCCA em parceria com o Hospital Santa Marcelina.

A soprano se apresentará ao lado do pianista inglês Gary Matthewman, especialista em acompanhamento vocal. No programa, o público vai conferir de perto algumas famosas árias do bel canto e da história da ópera, como: Mein Gläubiges Herze BWV 68 de J.S. Bach; Sposa Son Disprezzata da ópera Bajazet de Antonio Vivaldi; Danúbio Azul de Johann Strauss; e Melodia Sentimental de Villa-Lobos.

Sumi Jo é uma das mais importantes sopranos lírico-coloratura da atualidade. Nascida em Seul, Coreia do Sul, a cantora começou seus estudos de piano aos 4 anos e de canto, aos 6. Estudou em seu país de origem e posteriormente se formou com honras no conservatório da Accademia di Santa Cecilia, em Roma, cidade onde reside atualmente. Dona de uma voz doce e precisa, Sumi Jo ganhou importantes prêmios internacionais. Entre eles, por unanimidade, o Carlo Alberto Cappelli, em Verona, na Itália, aberto apenas para os primeiros colocados de outros concursos.

Hoje a artista é presença regular nas grandes montagens líricas internacionais e uma das mais importantes vozes de sua geração. Sumi Jo tem mais de 50 gravações, das quais participam artistas do calibre dos maestros Herbert von Karajan e Sir Georg Solti, com quem gravou o álbum vencedor do Grammy, Die Frau Ohne Schatten, para a London/Decca. Recentemente, Sumi Jo tomou parte em uma nova gravação da ópera Norma de Bellini, ao lado de Cecilia Bartoli e da Orquestra La Scintilla, sob a regência de Giovanni Antonini.

 

 

Repertório

J.S. Bach                                               Mein Gläubiges Herze BWV 68 

Henry Purcell                      Music for a while

G.F.Handel                           Da tempeste from ‘Giulio Cesare’

Antonio Vivaldi                  Sposa son disprezzata from ‘Bajazet’

Gabriel Faure                      Chanson d'amour

Reynaldo Hahn                   Si mes vers avaient des ailes

Adolph Adam                      Ah! vous dirais-je, maman

Dell' Acqua                          Villanelle

Johann Strauss                    Danube Waltz

Joaquin Turina                    Cantares

Fernando Obradors           Del cabello mas sutil

Joaquin Rodrigo                 Donde venis amor

Villa Lobos                          Melodia sentimental

Franz Lehár                         Meine Lippen, sie Küssen so heiss (from Giuditta)

 

 

Serviço

Data: 24 de setembro, às 21h00

Local: Sala São Paulo, Pça Julio Prestes, 16 - Campos Elíseos

Capacidade: 1.500 lugares

Classificação: Livre

Preços: Setor IV – R$ 80,00 / Setor III – R$ 100,00 / Setor II – R$ 160,00 / Setor I – R$ 200,00

Ingressos: TUCCA (2344.1051),  ingressos@tucca.org.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  ou no Ingresso Rápido: 


Formas de pagamento: dinheiro, cheque ou cartão de crédito (Visa, MasterCard ou Diners). Meia entrada para estudantes com carteirinha e adultos acima de 60 anos.

Sobre o projeto “Música pela Cura”

Criado em 2000, o projeto TUCCA Música pela Cura, realizado com o apoio de parceiros e patrocinadores, por meio da Lei Rouanet, já beneficiou mais de 2 mil crianças e adolescentes carentes com câncer. Anualmente, duas importantes séries musicais são apresentadas. Para o público adulto, a associação realiza a Série TUCCA de Concertos Internacionais, que traz alguns dos mais importantes músicos da atualidade. Desde 2000, mais de 45 concertos foram apresentados, recebendo artistas como Maxim Vengerov, irmãs Labèque, Nelson Freire, Brad Mehldau, Avishai Cohen e Paulo Szot. Para o público infantil, desde 2002 a associação realiza a Série TUCCA Aprendiz de Maestro – a única no Brasil de música clássica para crianças – com textos teatrais e divertidas adaptações de danças e óperas. Em dez anos, mais de 150 apresentações foram realizadas. A renda da bilheteria dos espetáculos é revertida para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer, assistidos pela TUCCA em parceria com o Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, São Paulo.

Sobre a TUCCA

A TUCCA – Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que oferece tratamento multidisciplinar de excelência a crianças e adolescentes carentes com câncer, sem custos ao paciente ou à família. Em 15 anos de atividade, já assistiu mais de 2.000 pacientes, atingindo taxas de cura próximas a 80%, índice até 60% acima da média brasileira, igualado somente aos da Europa e dos Estados Unidos. Para otimizar recursos, a TUCCA mantém parceria com o Hospital Santa Marcelina e aplica os valores arrecadados direta e exclusivamente no que faz a diferença para oferecer o tratamento mais adequado e atingir os melhores resultados. Além do tratamento, atua também em pesquisa, diagnóstico precoce e capacitação de profissionais, e conta com uma equipe multidisciplinar que atende o paciente e sua família até que fiquem completamente bem.

Conheça mais em www.tucca.org.br
Postar um comentário