quarta-feira, 23 de novembro de 2011

26º Concerto da Ospa em homenagem ao Dia do Músico (RS)

O 26º Concerto Oficial da Ospa será em homenagem ao Dia do Músico. Sob a regência do diretor artístico da Ospa, maestro Tiago Flores, o espetáculo ocorreu na terça-feira (22/11), Dia de Santa Cecília – padroeira internacional dos músicos. A apresentação foi dedicada a um dos mais populares compositores da música erudita ocidental – Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791). Foram executadas três obras: Abertura de As Bodas de Fígaro; Concerto para Clarinete em Lá Maior, com solo de Diego Grendene, músico da Ospa; e Sinfonia nº 25 em Sol menor.
Na ocasião, a Ospa entregou, pela primeira vez, a Comenda Santa Cecília – uma homenagem a pessoas e entidades que, de forma expressiva e louvável, contribuíram para o engrandecimento da Ospa. A homenagem será entregue pelo presidente da FOSPA (Fundação Orquestra Sinfônica de Porto Alegre), Dr. Ivo Nesralla.
SOBRE AS OBRAS
A Sinfonia Nº. 25 ganhou um amplo conhecimento por estar presente como abertura do filme Amadeus (1984), considerado um dos melhores filmes de Miloš Forman. Foi escrita por Mozart em outubro de 1773, logo após o sucesso de sua ópera Lucio Silla. A obra é caracterizada pelo estilo Sturm und Drang (tempestade e ímpeto) – movimento literário e musical alemão do século XVIII que exalta a subjetividade individual dos artistas – e é claramente influenciada pela 39ª Sinfonia de Haydn, que também está em Sol menor.
As Bodas de Fígaro foi inspirada em O Casamento de Fígaro, de Beaumarchais, e é uma das óperas mais representadas no mundo inteiro. Obra incomparável, com irresistíveis melodias de solos vocais, As Bodas de Fígaro marcam o início da colaboração entre Mozart e o libretista italiano Lorenzo da Ponte (1749-1838), que também participou de Don Giovanni e Cosi fan Tutte.
Composto em 1791, em uma época que o clarinete era pouco conhecido e seu uso restringia-se ao dobramento das flautas e oboés, Concerto para Clarinete fez um enorme sucesso na época. A obra divide-se em três movimentos: Allegro, Adágio e Allegro.
Postar um comentário