sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Petrobras abre 10.500 bolsas em todo o país



Os valores das bolsas vão de R$ 350 a R$ 2.278 para técnicos e universitários de todo o Brasil Redação/ Agência BOM DIA
redacao@bomdiasaojose.com.br Dona de um faturamento de dar inveja em multinacionais e considerada a vedete do setor petrolífero, a Petrobras decidiu investir na formação de mão de obra qualificada para dar sustentação ao seu plano de desenvolvimento. A estatal oferece 10,5 mil bolsas de estudo em 34 instituições de ensino para a qualificação de especialistas e pesquisadores na área de petróleo, gás e biocombustíveis.
Batizado de Programa Petrobras de Formação de Recursos Humanos, o plano oferece os valores de R$ 350 para alunos de cursos técnicos, R$ 450 para graduação superior, R$ 1.248 no mestrado, R$ 1.840 no doutorado (antes da qualificação da tese) e R$ 2.278 (depois da qualificação da tese).
A seleção dos candidatos será realizada pelos centros de estudo conveniados. Quem já estiver matriculado em algum curso da área, deve buscar informações na escola para saber se ela participa da ação integrada e de como é possível participar da qualificação.  
As bolsas serão repassadas em 2012. Cada universidade ou instituto será responsável pelo prazo de inscrição e seleção dos alunos interessados.  O plano foi criado em 2010 com 22 escolas parceiras no país e 4,6 mil bolsas. Agora, a  empresa acaba de anunciar a extensão do benefício para mais 12 instituições.
O custo estimado com o programa é de mais de R$ 200 milhões. O superintendente de Pesquisa e Planejamento da ANP (Agência Nacional de Petróleo), Elias Ramos de Souza, disse que o desafio é formar mais geólogos, engenheiros e técnicos em todo o país.

Postar um comentário